Skip to main content

Se você tem uns 30 anos ou mais, provavelmente deve ter assistido aos filmes da dupla Bud Spencer e Terence Hill na Sessão da Tarde. Eu, que tenho atualmente 35 anos, não cheguei a ver todos os 18 filmes que produziram juntos, mas sou um grande fã. Quando era pequeno eu os apelidei de “O Gordo e o Magro” e, de certa forma, eu estava certo. Muitos os consideravam a versão moderna de Laurel e Hardy. Entre um biscoito e outro, a dupla do ‘western spaghetti’ (faroeste italiano) me fez dar muitas gargalhadas com seu humor pastelão.

Fizeram filmes de sucesso entre os anos 60 e 90, mas que só passaram no Brasil à partir dos anos 80. Chegaram a participar de uma entrevista com Os Trapalhões, em 1984. No vídeo, Renato Aragão (Didi) comenta ser um grande fã e que se inspirou em Terence para criar sua própria linguagem corporal para o programa dominical. Aliás, uma curiosidade: o Bud, que infelizmente nos deixou em 2016, morou no Brasil (em Recife) por três anos quando era jovem. Ele falava bem o português, era inteligente pra caramba e sabia até pilotar avião.

Quando soube da existência do jogo da desenvolvedora italiana Trinity Team, bem tarde devo admitir, a nostalgia aflorou e fiquei mega empolgado pra jogar. O projeto começou no Kickstarter em 2016, entrou pro Acesso Antecipado do Steam no final do ano passado e, finalmente, Bud Spencer & Terence Hill: Slaps and Beans foi concluído e lançado no dia 20 de abril deste ano. O mais legal dessa história toda é saber que o game é oficial e não um mero tributo, com selo Buddy Productions e tudo mais. O jogo inclui até mesmo as trilhas originais dos filmes, algo que só foi possível graças ao financiamento coletivo bem sucedido. Os fãs estavam sedentos!

Imagem do jogo Slaps and Beans
Arrebentando geral em Miami Beach.

Entre tapas e feijões

O título do game não poderia ser outro: os tapas e a paixão por feijão são marca registrada de Bud Spencer e Terence Hill. Baseando-se nos filmes mais famosos, Bud Spencer & Terence Hill: Slaps and Beans apresenta progressão de fases com mini games intercalados. Começa no velho oeste, passa por um estúdio, depois por uma corrida e segue contextualizado com as aventuras dos filmes, com eventos mais enxutos. É um game bastante original neste aspecto, cujo as piadas e homenagens foram colocadas nos lugares certos.

Este é um jogo para ser jogado em co-op, mas não tem problema se não rolar: dá pra trocar de personagem a qualquer momento. Bud é forte e lento, enquanto Terence é o oposto. Os controles são bem simples: ataque rápido, ataque forte, defender e agarrar. O jogo segue a moda antiga dos Beat ‘em up de Arcade, com combate tradicional e sem firulas. Corrida com ataque, usar elementos do cenário como armas, comer coisas pra recuperar vida, revidar o ataque inimigo usando a defesa, tá tudo presente aqui. Ainda assim é inevitável enjoar dos golpes, um detalhe que a Trinity Team fez questão de amenizar inserindo combos entre os personagens e algumas mecânicas extras. Em certos momentos você entra num modo de câmera lenta de tiro ao alvo, tendo que apertar o botão na hora certa para não errar os disparos. Em outros, você participa de puzzles para prosseguir no cenário. Tem até guerra de frutas! São adições simplórias, mas que fazem a diferença.

Imagem do jogo Slaps and Beans
Um mini game de Guitar Hero com salsichas e cerveja? Aí sim!

O visual em pixel art impressiona pela exatidão dos modelos de Bud Spencer e Terence Hill, com a mesma feição e porte físico. As animações são muito bem feitas e até os inimigos ficaram caprichados, com boas animações principalmente quando levam uma surra. Os cenários são igualmente detalhados, embora não muito impressionantes. Os cenários dos mini games são os mais simples, talvez intencionalmente. A reprodução da corrida do filme “A Dupla Explosiva” (1974) é um bom exemplo, com o icônico buggy vermelho de teto amarelo e controles à lá Rock & Roll Racing. Uma outra cena do mesmo filme, em que Bud e Terence disputam quem come mais salsichas e bebe mais cerveja, virou um mini game de ritmo (imagem acima).

A trilha sonora é bastante especial, com sete músicas de Oliver Onions, duas de The Fantastic Oceans e várias outras produzidas exclusivamente para o game. A música Trinity, de Franco Micalizzi, tema do filme “Chamam-me Trinity” (1970), também faz parte da seleção e abre a aventura em Bud Spencer & Terence Hill: Slaps and Beans. Até o coral de La La La, outra cena famosa do filme “A Dupla Explosiva”, está presente no game. Melhor que a trilha são os efeitos sonoros, que parecem ter sido retirados diretamente dos filmes, mantendo aquele som cômico e forçado como um tapão na nuca do inimigo.

Imagem do jogo Slaps and Beans
Bud Spencer e Terence Hill, sempre com opiniões diferentes.

As críticas que tenho vão para os chefes de fase, que são pouco inspirados e confusos de entender como vencê-los, e a Inteligência Artificial do seu parceiro (caso vá jogar sozinho). Ela dá umas bugadas de vez em quando, atrapalhando um bocado os combates, mas nada que uma atualização não resolva.

Feito para os fãs, divertido pra qualquer um

Bud Spencer & Terence Hill: Slaps and Beans é imperdível para quem é fã ou pelo menos viu alguns dos filmes da dupla. Se você não pegou essa época, relaxa: muitos dos filmes estão disponíveis na íntegra no YouTube e com a dublagem original em português. Nunca é tarde pra conhecer o trabalho de Bud Spencer e Terence Hill e rachar de rir com seus filmes de comédia. Por ser um Beat ‘em up, o jogo é acessível à qualquer um. Um jogador mais novo não irá pegar ou entender as referências mas irá se divertir do mesmo jeito, ainda mais com um amigo.

Com o sucesso da versão de PC, a Trinity Team já garantiu que a versão para consoles (PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch) está a caminho. Caso prefira, aguarde até sair a versão de console e não irá se arrepender com a aquisição. E aos fãs, deixo esse gif pra encerrar:

Imagem do jogo Slaps and Beans
Bo Bo Bo… Bo Bo Bo… Bo Bo Bo…
Phantom Fury

Review – Phantom Fury

Carlos AquinoCarlos Aquino22/04/2024

Review – Fallout: 1ª Temporada

Renato Moura Jr.Renato Moura Jr.15/04/2024
Harold Halibut

Review – Harold Halibut

Carlos AquinoCarlos Aquino15/04/2024