Skip to main content

O Nintendo Switch recebe o jogo Xuan-Yuan Sword 7, o primeiro da linha principal a chegar ao dispositivo híbrido e trazendo sua última aventura – lançada originalmente em 2020 – para novos jogadores dentro da plataforma.

O título faz parte de uma grande franquia chinesa de RPGs, que começou lá atrás nos anos 90 e segue relevante até os dias atuais com mecânicas e história que atraem os apaixonados pelo gênero. Ela já tem sete capítulos principais e diversos spin-offs.

A China pelos olhos de Xuan-Yuan Sword 7

Xuan-Yuan Sword 7 já cativa uma grande parte do público com dois fatores que funcionam muito bem dentro de sua estrutura: uma história impactante e mecânicas que manterão qualquer fã de RPG preso para desenvolver seus personagens durante a aventura.

No quesito história, acompanhamos os irmãos Taishi – Zhao e Xiang. Com a morte de seus pais e perdendo o lugar que chamam de lar, eles são obrigados a viver em um lugar distante e pacato até se depararem com outra tragédia: o assassinato da jovem Xiang. Tentando reverter, Zhao insere sua alma em um construto e ambos partem em uma jornada para dar um jeito de “recuperar” o corpo original dela.

Xuan-Yuan Sword 7

Para isso, eles contarão com a ajuda de diversos personagens durante seu trajeto – sendo que alguns acompanham o grupo, como Chu Hong e Jipeng, enquanto outros dão suporte dentro do aspecto político e popular como os irmãos Liu. Algumas referências a personagens e mitos antigos também surgem dentro da narrativa, mas caso não tenha jogado os títulos anteriores não se preocupe que não se sentirão perdidos.

Todo este universo criado para Xuan-Yuan Sword 7 ajudam os jogadores a se aprofundarem ainda mais no ambiente da China mais antiga e também em diversos aspectos culturais. Não é para menos, eles dão um grande mergulho nisto e realmente entregam a melhor experiência possível em relação à cultura oriental.

“Algumas referências a personagens e mitos antigos também surgem dentro da narrativa, mas caso não tenha jogado os títulos anteriores não se preocupe que não se sentirão perdidos”

Xuan-Yuan Sword 7

Um mundo cheio de opções

Já nas mecânicas, Xuan-Yuan Sword 7 traz várias opções que impulsionam o jogador a ir além e realizar diversas mudanças nos equipamentos e recursos que os heróis podem alcançar.

Como todo RPG que se preze, você pode aumentar de nível e, consequentemente, seus atributos também ficam melhores. Porém, só isso não vai te livrar a pele de passar alguns apuros. O Elysium é um conjunto de crafts que permitem aos jogadores criar armas novas, armaduras, acessórios, alimentar as almas obtidas para conquistar mais poder e até fundir recursos e gerar tanto itens como almas novas.

Um ponto que observei que estes itens de crafting são bem escassos e o dinheiro também não é lá dos mais “grindáveis” – garantindo que você terá de passar um bom tempo farmando e economizando para conseguir o que tanto deseja dentro de Xuan-Yuan Sword 7.

As batalhas são em tempo real e Zhao Taishi tem alguns movimentos que pode contar com sua espada. Porém, o principal são as almas obtidas de seus oponentes, trazendo algumas habilidades mais afiadas como a possibilidade de levantar o solo – e até derrubar os inimigos – ou golpes mais firmes com a espada. Até estes sobem de nível e garantem um movimento especial ao atingir o seu ápice.

“Você terá de passar um bom tempo farmando e economizando para conseguir o que tanto deseja dentro de Xuan-Yuan Sword 7”

Xuan-Yuan Sword 7

Particularmente falando, não me agradou tanto os combates em si de Xuan-Yuan Sword 7 – mais pelo fato dos movimentos não serem tão responsivos e dos oponentes muitas vezes te “prenderem” em algum canto sem saída e gerando problemas desta forma. Há casos onde você confronta até dez criaturas simultâneas e se acaba movendo Zhao para um “beco”, pode ter certeza que a tela de “Game Over” subirá mais cedo ou mais tarde.

Isto não representou um problema muito grande na experiência, sendo bem honesto, mas que passa a incomodar conforme chega em batalhas mais amplas. Mesmo sabendo que tinha poder para derrotar uma horda, me vi obrigado a aumentar de nível, criar novos equipamentos mais fortes e dar um upgrade em minhas habilidades especiais para enfrentar de forma mais veloz e mortal os mesmos – só que em grande quantidade.

Desafios se encaram de várias formas

Outro grande destaque de Xuan-Yuan Sword 7 que gostaria de falar sobre são os seus puzzles. Apesar de ter passado uma leve dor de cabeça em alguns deles, eu achei extremamente criativos e desafiadores.

Creio que desde Resident Evil VII eu não via uma montagem tão bem-feita, que realmente me fizesse parar e raciocinar como resolver algo, o que deu um crédito gigantesco à equipe de desenvolvimento. Haja criatividade e genialidade para criar tantos quebra-cabeças e fazê-los tão legais de serem resolvidos.

Sempre que chegava em um, corria feliz para ver como seria a sua resolução enquanto passava pelas dungeons e grandes templos. Admito que aqui o jogo me ganhou demais e garanto que oferecerá uma boa dificuldade a todos.

Xuan-Yuan Sword 7

O caos na China Antiga

Porém, nem tudo foram flores em minha jornada em Xuan-Yuan Sword 7. Inicialmente eu tive problemas bem sérios em relação a travamentos e lentidão, sendo aconselhado a mover o arquivo para o próprio console ao invés de executá-lo em meu cartão SD. Isto resolveu parte do meu problema, mas ainda sentia que as coisas não estavam onde deviam – localizando a raiz do problema dentro das configurações.

Todos sabem que o Nintendo Switch não tem um desempenho tão bom quanto consoles como o PlayStation 4 e Xbox One – de geração mais antigas. Agora me diz o que adianta colocar como padrão no jogo a ferramenta de anti-aliasing? Depois que a desabilitei, sua performance se tornou outra coisa e pude jogá-lo devidamente e sem qualquer tipo de dor de cabeça. Quer comprá-lo? Ótimo, vai se divertir. Mas tenha em mente que terá de mudar suas configurações para que isto ocorra sem maiores problemas.

Outro ponto chave de Xuan-Yuan Sword 7 são seus gráficos. Está certo que não podia esperar muito no velho Switch de 2017, mas devo afirmar que já vi muitos games de PlayStation 3 e Xbox 360 mais bonitos. Até Pokémon Scarlet e Violet ficou melhor neste aspecto, os fãs que me perdoem. Os assets, expressões faciais, os detalhes no cenário e dos monstros…nada ali vai te deixar confortável de observar. Isso não é um problema gravíssimo, não impedirá sua diversão, mas dava para ter feito algo melhor por ali sim.

Por fim, queria reclamar um pouco do mapa do jogo. Em dungeons e grandes templos, ele basicamente não existe e você tem de se guiar apenas pela guia de objetivo em seu compasso. Dentro da própria história isso não representa um problema muito grande, mas para o grinding? Céus, tentei voltar em alguns locais para obter itens relevantes para o crafting e ficar perdido virou uma das coisas que mais me irritou por ali.

Xuan-Yuan Sword 7

Experiência divertida, mas no Switch destoa

Como um RPG, Xuan-Yuan Sword 7 excedeu minhas expectativas e trouxe diversos elementos que me prenderam – além de garantirem minha atenção para seu desenvolvimento. Crafting, puzzles e narrativa foram os grandes acertos da DOMO Studio e acredito que qualquer pessoa que jogar também sentirá o mesmo.

Já aqueles que não tiverem muita memória no console, optando pelo uso de cartão SD e não mexerem nas configurações para desabilitar o anti-aliasing, sinto muito, mas será frustrante. Os gráficos já não ajudam muito, com um desempenho travado e um mapa que não te orienta em determinados trechos, vejo grande parte do público saindo da experiência com raiva – e com razão.

Xuan-Yuan Sword 7 diverte e traz uma excelente entrada no gênero – principalmente por ser o primeiro jogo da linha principal a chegar ao Nintendo Switch. Ainda assim, tanto a DOMO Studio quanto a eastasiasoft precisam passar mais um tempo trabalhando nos próximos ports para realmente atrair o público na plataforma.

65 %


Prós:

🔺 Narrativa e crafting estão de parabéns
🔺 Os puzzles desafiam bastante
🔺 Um mergulho cultural na China Antiga

Contras:

🔻 Desempenho e gráficos desapontam
🔻 Mapas não orientam em alguns pontos
🔻 Batalhas contra hordas exigem até demais

Ficha Técnica:

Lançamento: 30/05/2024
Desenvolvedora: DOMO Studio
Distribuidora: eastasiasoft
Plataformas: Switch

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024