Skip to main content

Life is Strange 2 – Episódio 4: Faith chegou para tentar nos tranquilizar após as consequências do terrível desfecho no Condado de Humboldt. Seja lá quais foram suas decisões, todas elas aparentemente fazem com que Sean seja hospitalizado com ferimentos graves. Após 2 meses, quase tudo está curado, com exceção de um de seus olhos que ainda não se recuperou totalmente. Porém, agora, talvez o seu pior sintoma é saber que está completamente sozinho. Onde está o Daniel e o que aconteceu com seus amigos após a explosão?

O quarto episódio de Life is Strange 2 continua a dramática e polêmica história dos irmãos Diaz, dadas as circunstâncias, parece que a viagem para Puerto Lobos terá que ser cancelada, pois mesmo internado Sean já está sendo mantido preso no hospital com uma passagem só de ida para o reformatório para responder sobre o caso ocorrido em Seattle. A história está se aproximando do fim, mas ainda reserva muitas surpresas e reviravoltas, a partir de agora os temas sociais são abordados com maior força e esse é o destaque deste capítulo que certamente vai causar muita tensão nos jogadores.

Lidando com a monotonia de um hospital

Logo no início percebemos que o olho de Sean precisa de cuidados constantes, o enfermeiro ressalta isso algumas vezes enquanto faz alguns testes informando que sua visão jamais será a mesma, o diálogo parecia indicar novas mecânicas durante o jogo ou pelo menos que poderiam haver consequências caso não cuidássemos da ferida, mas infelizmente não temos a livre escolha de tratar o ou não este problema, o que diminui a quantidade de possibilidades para o futuro do personagem neste ponto.

Imagem do jogo Life is Strange 2
Sua melhora se deve a este enfermeiro que é também um bom amigo.

Durante as primeiras cenas deste 4º episódio de Life is Strange 2 ocorrem alguns momentos desnecessários como ter que aguardar a agente de polícia atender uma ligação, a vinda do enfermeiro após ter chamado o mesmo pelo controle da maca. Esperar não seria tão ruim se houvesse algo para fazer, mas tudo bem, é possível olhar alguns documentos, desenhar. Contudo, mesmo com essas interações ainda ficamos um bom tempo esperando a boa vontade dos NPCs, para piorar você ficará quase todo tempo na maca, sem nem ao menos pode explorar pelo quarto, tornando este início o mais morno desta temporada.

Felizmente essa calmaria serve para nos preparar para a enxurrada de acontecimentos inesperados que virá até o final do capítulo. Tudo começa um pouco antes de receber alta e ser transferido para o reformatório, Sean vai descobrir pistas sobre o paradeiro de Daniel e isso lhe deixará transtornado, afinal, você não pode ser preso e deixar seu irmão sozinho por mais tempo. O desespero toma conta do adolescente e é aí que o jogo começa a oferecer diversas possibilidades de decisões impactantes. Uma das coisas que traria uma baita surpresa aos jogadores seria a opção de permanecer no hospital e descobrir o que aconteceria se Sean fosse preso, mas infelizmente você será obrigado a fugir e é claro que suas decisões para isso podem trazer consequências no futuro.

Imagem do jogo Life is Strange 2
Seria muito bom ter febre agora, só assim pra ficar com frio.

Fora do hospital, o personagem vai enfrentar uma longa viagem para atravessar o deserto de Nevada com destino a uma pequena comunidade onde, aparentemente, Daniel está escondido. O trajeto é composto por muitas cenas que não serão jogáveis, as poucas interações são bem simples, mas se por um lado você não tem muito o que executar (já que a estrada é longa e vazia), por outro, a narrativa é extremamente densa, tocante e, com certeza, envolvente, deixando o jogador bastante apreensivo.

Enfrentando a triste e dura realidade

Nesta estrada Sean novamente terá que lidar com estranhos que vão intimidá-lo e desta vez a produtora escancarou a abordagem de temas como xenofobia e bullying com momentos extremamente surpreendentes. A forma como o assunto é representado chega a ser sufocante de tão desagradável, mas infelizmente se faz necessário, pois é a representação de uma das difíceis realidades da nossa sociedade. Essa é uma das características de Life is Strange 2 que mais chama a atenção e por mais que seja difícil, estava na hora do jogo mostrar as consequências deste preconceito ao invés dos toques sutis apresentado nos episódios anteriores.

Imagem do jogo Life is Strange 2
Espero que Daniel não esteja sofrendo o tanto que eu estou.

A partir deste ponto o clima do jogo fica tão difícil que até as belas composições sonoras dão lugar a composições mais sérias ou muitas vezes ao silêncio necessário para que o jogador possa focar totalmente no que está acontecendo nas cenas, ainda assim a ambientação continua ótima com exceção para alguns momentos emocionantes que a inclusão de uma música poderia tornar a cena ainda mais envolvente.

Reencontrar Daniel poderia ser o final feliz deste episódio, mas rever seu irmão não significa que tudo estará solucionado, pois o jogo te levará ao limite de suas decisões para reconquistá-lo. Certamente suas escolhas até aqui vão influenciar na dificuldade para trazê-lo de volta ao seu lado, mas além disso agora você também terá que lidar com o temas como Fé, Manipulação e Persuasão, já que o garoto praticamente passou por uma lavagem cerebral criando um enorme receio sobre a atual postura de Sean.

Imagem do jogo Life is Strange 2
Ao menos tenho motivos reais para usar um tapa olho de pirata.

Escolher entre Sean e uma desconhecida não deveria ser um problema tão complicado para Daniel, há momentos que chegam a ser um absurdo, pois o garoto é capaz de ignorar todo esforço apresentado pelo irmão mais velho, talvez isso seja fruto das suas escolhas até aqui, mas ainda assim a conduta do garoto não convence. De qualquer forma você terá que fazê-lo perceber que está sendo apenas usado através de sua fé. Essa tarefa vai apresentar muitas situações chocantes e também passa a trazer novas representações de temas sociais importantes. Talvez Life is Strange 2 Episódio 4 Faith seja o capítulo mais notável e corajoso neste sentido, mesmo que às vezes não tenha muito nexo.

Diferente dos episódios anteriores a conclusão deste nos traz um pequeno alívio, que sem dúvidas é necessário depois de tantos conflitos e revoltas. Novamente juntos e cientes de que não há mais segredos a esconder, os irmão Diaz agora retomam seu plano para Puerto Lobos. Sean mostra que está disposto a enfrentar o que for necessário para estar ao lado de seu irmão enquanto que Daniel já sabe que não se pode confiar em estranhos e é isso que nos prepara para a reta final desta temporada que já tem data para chegar. Agora só nos resta consumir e processar tudo que o visto para especular o que vem a seguir.

SCHiM

Review – SCHiM

Diego CorumbaDiego Corumba15/07/2024
Imagem do review de Anger Foot

Review – Anger Foot

Marco AntônioMarco Antônio11/07/2024