Skip to main content

Por muito tempo Ashen sobrevoou entre as estrelas. Logo abaixo, numa tremenda escuridão, os nove reinos se moviam em vários cantos através dos ramos da árvore dos mundos e somente quando Ashen repousou sobre um galho desta grande árvore foi que a luz se acendeu para todos. Após milênios, a ave já enfraquecida caiu deste galho levando consigo toda a luz dos reinos.

Ashen é um RPG de ação que claramente possui inspirações em Dark Souls, então espere por um combate que será castigador e alto nível de dificuldade de progressão. Felizmente não é apenas isto, pois o jogo possui características diferentes que chamam atenção, a começar pelo visual maravilhoso.

Enfrentando aqueles que preferem a escuridão

Começamos nossa jornada num ambiente coberto pelas trevas. Bataran, um dos antigos Guardiões de Ashen, anuncia o renascimento da ave e, após visualizarmos sua volta com uma grande luz que se forma no pico de uma montanha, é hora de sair em busca da jovem Ashen para que sua energia não caia em mãos erradas.

Imagem do jogo Ashen
Mesmo sem rosto, as personagens conseguem expressar muito bem seus sentimentos.

A Aurora44 trouxe um jogo repleto de conteúdo para explorar, onde vale a pena cada minuto de dedicação. O game também requer paciência e principalmente persistência, pois os desafios podem ser realmente difíceis e talvez ainda mais se sua jornada for completamente solitária.

Embora hajam inspirações na franquia da FromSoftware, são suas particularidades que o tornam um jogo diferente e realmente instigante. Uma das coisas que chamam atenção logo de cara é que aqui não precisamos escolher classes de personagens. Suas personalizações alteram sua aparência, mas todos são pessoas comuns que viveram toda sua vida nas trevas e que agora tem a oportunidade de se reerguer.

O andarilho poderá equipar-se com diversos armamentos e estes possuem pesos diferentes que, com certeza, vão influenciar na velocidade do combate, na força e também na energia que ele consome. Aliás, muitos equipamentos podem ser encontrados pelo caminho em corpos abandonados ou de inimigos que você eliminou.

Imagem do jogo Ashen
A ambientação de Ashen proporciona cenas incríveis como esta.

Durante as trevas houve criaturas e bandidos que se alimentaram dos últimos suspiros de luz de Ashen para assim se elevaram acima de outras pessoas, trazendo pestes, fome e miséria para as cidades. Você deverá lutar não apenas por Ashen, mas também por sua própria sobrevivência. E sua batalha poderá influenciar outras pessoas a se reerguerem. Lutando pelas pessoas, você deverá criar uma vila para trazer novos aliados, sendo que muitos deles te recompensarão durante a jornada com melhorias e outros itens.

Fazendo amigos neste mundo miserável

O mundo de Ashen é aberto: você poderá explorar o quanto quiser acessando áreas e entrando em missões a qualquer momento. Mas não subestime os inimigos, pois mesmo os menores deles poderão causar danos fatais à sua personagem. Você poderá sobreviver com o suporte de algum amigo online ou com a Inteligência Artificial de Jokell, seu parceiro de jornada.

Imagem do jogo Ashen
Inimigos com símbolos dourados na cabeça possuem itens importantes para sua missão.

Os outros jogadores deste mundo possuem seus próprios afazeres, mas você pode convidá-los a se juntar em sua causa, bem como ajudá-los em alguma missão. E dependendo da habilidade dos jogadores, os combates ficam mais fáceis. Este mundo acontece independente de você; sua personagem é apenas um andarilho solitário que tenta ajudar Ashen para que não caia nas terríveis mãos das Trevas Anciãs. Há diversas outras coisas acontecendo e você pode intervir ou não, trazendo mudanças para sua experiência de jogo e até mesmo para a narrativa.

Uma das características de Ashen é a construção de relacionamentos necessários não apenas para o fortalecer, mas também para deixar de ser um andarilho solitário. Durante as missões secundárias você fará amigos que vão se juntar na sua vila e te recompensar com consumíveis ou novos equipamentos. Se você ignorar estes aliados a experiência será muito mais difícil, pois a ajuda dos outros jogadores são essenciais na evolução da sua personagem.

Imagem do jogo Ashen
No inicio esse menu pode parecer confuso, mas você vai se acostumar.

Assim como em Dark Souls, ao perecer você perderá todas as suas escórias e para encontrá-las você deverá retornar ao local. Essas escórias servem para que você possa melhorar algumas condições do seu andarilho.

Quanto mais você se aprofunda em Ashen, mais você será envolvido com sua ambientação. A começar pelo visual que, mesmo sendo quase incolor, são de encher os olhos com cenários vastos e muito variados, dos mais sombrios aos mais iluminados. A trama é explicada a todo momento e com boas legendas em português, mas ainda há alguns mistérios que nos instigam a ficar atentos a cada diálogo para descobrir o que se passa.

A imersão fica ainda melhor com a bela trilha sonora, que realça o ambiente de desolação e miséria, se transformando quando há riqueza e prosperidade em um local mais iluminado. A narrativa de Ashen impressiona, cheia de surpresas guardadas nas profundezas das cavernas como também em diversas personagens que você pode conhecer durante sua jornada.

Imagem do jogo Ashen
O estilo gráfico também permitiu a criação de criaturas únicas para o jogo.

Infelizmente nem mesmo a luz da poderosa Ashen pode evitar alguns problemas técnicos no jogo. Rolam quedas de frames e o menu poderia ser menos confuso: às vezes não dá para entender qual item está selecionado e para onde que ele vai. O multiplayer carece de explicações, atrapalhando inclusive o procedimento básico de encontrar aliados neste mundo hostil.

Com uma jornada solitária ou apoiada por diversos amigos, Ashen não é uma experiência fácil e pode sim frustrar muitas vezes. Mas é com certeza uma experiência bastante interessante e envolvente, onde cada pequeno progresso será glorioso, seja derrotando um grande inimigo ou conhecendo um pouco mais deste mundo sem sol.

SCHiM

Review – SCHiM

Diego CorumbaDiego Corumba15/07/2024
Imagem do review de Anger Foot

Review – Anger Foot

Marco AntônioMarco Antônio11/07/2024