Skip to main content

Regras da versão Monotype de Pokémon Sword:

  • Só pode capturar Pokémon do tipo FOGO ou que evoluam/se transformem para ele de forma definitiva (ex.: Eevee e Rotom) – Darmanitan de Galar não se encaixa nestas categorias, logo ficará de fora;
  • Só pode capturar UM Pokémon de cada espécie e seguirá as normas do Nuzlocke – chegando ao 0 de HP, ele será descartado;
  • Não serão capturadas criaturas lendárias e só serão utilizadas em pontos obrigatórios da história (como o confronto nos momentos finais da aventura);
  • O estilo de batalha é alterado para “set” nas configurações;
  • Se todo o time for derrotado, a run Monotype será encerrada em definitivo.

A queda de Cinderace no ginásio de Spikemuth foi bastante sentida dentro da minha equipe em Pokémon Sword, principalmente porque o único “reserva” – Heatmor – nem chega perto de ter o mesmo carisma. Vamos ser honestos, não menosprezamos monstro algum, mas há um abismo de diferença entre um coelho que joga futebol e um tamanduá.

Ainda assim, tive de seguir em frente para enfrentar o próximo ginásio. No caminho, mais estrondos e Leon aparece – tendo de sair logo em seguida para salvar o dia. Vale notar que este é um ponto bem interessante da oitava geração: enquanto as demais deixam tudo nas suas mãos, aqui temos pessoas mais conscientes de que não podem permitir que crianças basicamente se joguem na direção do perigo quando há gente competente como os líderes de ginásio e o próprio Campeão.

Reflexões a parte, o caminho entre Spikemuth e Hammerlocke não é tão distante e em um salto eu já estava dentro da grandiosa cidade novamente. Aqui seria onde eu conquistaria minha última insígnia e seguiria em direção da grande batalha contra Leon – então meu time teria de estar mais do que preparado. Apesar de trabalhar bastante para subir o nível de todos, infelizmente não tinha caminho para obter vantagem contra Raihan.

O tipo Dragão é extremamente poderoso e só pode ser vencido por Fada, Gelo ou os próprios dragões. E o único disponível que tem qualquer combinação relacionada a eles em todo o game é Turtonator. Porém, eu aguardei por dias e não teve qualquer sinal de aparições suas na Wild Area – ele surge apenas em uma condição climática e em um lugar. Ou seja, eu que me vire para derrubar Raihan e seus monstros em Pokémon Sword.

Vs. Raihan

Não quis enrolar muito e fui direto em direção do ginásio de Hammerlocke. Afinal de contas, se meu time chegou até ali e até mesmo Nessa foi vencida, ele também seria – mesmo que isso significasse que alguns membros da equipe pudessem cair nesta tentativa. O teste do ginásio é bem simples, levando ao conflito contra três treinadores que são pupilos do líder de ginásio em batalhas de dupla. Até aqui, deu tudo certo.

Já no próprio ginásio, Raihan tem todos os holofotes voltados para ele. Afinal de contas, além de líder ele também é um grande influencer em Galar. Decidi começar o embate com Centiskorch e Salazzle. Grande erro o meu, já que ele me veio com Gigalith e Flygon logo de cara. Ainda achei que dava para derrubar Flygon com Salazzle em Dynamax e o golpe Max Wyrmwind, mas o combo era forte demais.

Retirei ambos de combate antes de perderem todo seu HP, levando Torkoal e Chandelure para substituí-los. A partir disto que as coisas ficaram um pouco mais equilibradas – já que o ataque especial de meu fantasma é altíssimo e a defesa da tartaruga segura bastante o dano causado pelos oponentes. Acabou que nesta volta sobrou apenas Duraludon e – como todos sabem – o Pokémon final sempre aciona o Gigantamax.

Foi uma batalha de “canseira”, já que eu sabia que não conseguiria derrubar a poderosa criatura em sua forma completa. Torkoal e Chandelure seguraram bem as pontas e, no momento em que meu oponente voltou ao normal, consegui abatê-lo e vencer a disputa. Para os meus monstros, depois da Nessa, esta foi uma das batalhas mais perigosas e fico feliz de nenhum dos meus ter sido derrubado dentro dela.

Reta final em Pokémon Sword

Com oito insígnias em Pokémon Sword, eu finalmente estou apto a seguir para o Estádio Wyndom – onde acontecerá a fase final do campeonato em Galar. Porém, contra Raihan eu percebi que meu time realmente não está segurando a onda e precisa ter um trabalho ainda mais minucioso…tanto na equipe principal e seus integrantes como nos movimentos utilizados por cada um.

Porém, sou interrompido por Magnolia e Sonia – que agora se tornou uma Professora Pokémon e está pronta para assumir a pesquisa que aponta os riscos enfrentados no Dia Sombrio. Com a história se encaminhando para um final, algumas pontas estão prestes a serem amarradas e algo me diz que meu caminho até Wyndom será repleto de ação e aventuras.

Capítulo Anterior / Próximo Capítulo (disponível em breve)