Skip to main content

Após muitos anos sem ter um jogo de tênis e longe dos consoles há mais de dez anos, TopSpin 2K25 retorna com a promessa de resgatar o esporte para aqueles que, diferente do futebol, basquete, hockey e beisebol, conseguem aproveitar anualmente ao acompanhar a evolução da modalidade e seus atletas. Trazendo o melhor do simulador e com o apoio da licença para ambientar todas as partidas, o lançamento da 2K Games chega para preencher uma lacuna esquecida, porém repleta de entusiastas.

Contar com os estádios oficiais, marcas e licenciantes, trazendo os principais nomes do esporte como, por exemplo, Emma Raducanu, Andre Agassi, Roger Federer e Serena Williams, incluindo a modalidade feminina e não deixando isso para uma próxima edição após esse retorno, TopSpin 2K25 oferece muito conteúdo e realismo sem deixar a diversão de lado.

Grunhidos e gemidos no controle

Vamos deixar claro desde o início que a Hangar 13, estúdio responsável pelo desenvolvimento desta edição, fez um trabalho impecável ao trazer mais de 24 atletas oficiais, as principais quadras e arenas, com as competições existentes ao redor do mundo. Tudo num completo realismo impressionante através do cuidado ao replicar o visual e principalmente, para mim como um leigo nesse esporte, na maneira como trabalha o som das partidas.

TopSpin 2K25

O controle do PS5 brilha ainda mais, pois além da precisão nos comandos para executarmos, por exemplo, slices, lobs e topspin, emitem os barulhos do seu atleta, com aqueles famosos gemidos, e demais sons que pairam nas quadras por conta do silêncio sepulcral da torcida. Achei um pouco exagerado usar o timing ao apertar o botão para realização do movimento, ou o tempo em que você mantém pressionado, para justificar a potência e precisão do movimento.

Entendo que seja um recurso para aumentar o realismo ao mesmo tempo em que evita um jogo bobo de tênis, porém essa complexidadade faz com que nossa atenção seja dividida entre os acontecimentos na quadra, informações da tela e mais uma barra de tempo que precisa ser acertada corretamente, ao atingir o marcador verde, para executar um movimento com perfeição. Isso numa partida em duplas acaba sendo um desafio ainda maior.

TopSpin 2K25

Se você busca por realismo, que vai muito além dos controles, TopSpin 2K25 acrescenta uma camada imensa ao gameplay. A física em quadra, da movimentação à trajetória da bolinha, corresponde ao bom trabalho dos desenvolvedores com uma representação fiel ao movimento do corpo dos atletas, para você não sentir um jogo limitado, robótico e travado. Com uma boa sensação de veracidade na agilidade e velocidade durante a partida, o fluir do jogo é desafiador e agradável, principalmente pela presença da mecânica relacionada à saúde e bem-estar do atleta.

Mais saúde e menos remédio!

Proporcionando uma camada estratégica ao jogo, complementando o realismo proposto pelo simulador, o Hangar 13 acrescentou uma barra de estamina para o atleta, que interfere diretamente no desenrolar da partida, por conta da movimentação e assertividade, e flutua muito conforme o desgaste durante o jogo por conta da desenvoltura no placar e até mesmo pela saúde do seu personagem no modo MyCarrer.

TopSpin 2K25

Isso mesmo! Você pode criar seu próprio atleta, homem ou mulher, para competir ao redor do mundo e vencer o Grand Slam, alcançando o topo do ranking mundial e se tornando o melhor atleta. Com uma programação mensal de treino, competições e campeonatos, você precisa dosar a saúde do seu atleta, inclusive favorecendo a barra de estamina presente quando dentro de quadra, para evitar derrotas por fadiga ou até mesmo lesões.

Escolher contra quem jogar e quando jogar é fundamental para você conseguir subir no ranking e vencer os principais desafios, complementando sua evolução com os treinos periódicos em categorias ouro, prata e bronze, cada uma indicando um nível de complexidade e desafio. Quanto mais baixa a porcentagem da sua saúde estiver maior será a chance de se lesionar, exigindo se ausentar por mais meses das competições e caindo no ranking, porém o risco também pode causar limitações em quadra. Ou seja, uma excelente camada estratégica atrelada à gestão do seu personagem, que complementa a experiência e realismo.

TopSpin 2K25

No entanto, TopSpin 2K25 não escapou da vilania das microtransações. Mesmo não afetando imensamente o jogo, você pode aumentar o ganho de experiência ao comprar VC, a moeda virtual do jogo, para facilitar a evolução do seu atleta ou até mesmo comprar os diversos cosméticos, que trazem as principais marcas do mercado em itens oficiais. A contratação de técnicos também pode ser feita através de VC, fator determinante para o ganho de experiência e modificação dos status, fazendo com que a tentativa de diminuir essa interferência não tenha acontecido 100% ou apenas relacionada ao visual.

Não chega a ofuscar o brilho do jogo, mas acredito que o uso de dinheiro poderia não existir ou interferir, assim como a execução dos movimentos poderia ser mais simples. TopSpink 2K25 é excelente e genial, conseguindo se distanciar do jogo mais simples e bobo de Mario Tennis ou até mesmo a mesmice que existia em Virtual Tennis, trazendo um simulador competente e muito completo. Aliado ao multiplayer online para até quatro jogadores, no modo single ou dupla, a Konami também acertou em trazer o formato cross platform para facilitar o encontro de adversários.

TopSpin 2K25

Muito fiel à realidade e exigindo grande dedicação por parte do jogador, principalmente para você entender e conseguir vencer em competições contra adversários de diversos níveis, TopSpink 2K25 marca um importante e grato retorno, sendo também uma ótima porta de entrada para quem não viveu no tempo dos vários títulos de tênis. Para fugir do competitivo desafiador, seja no modo Exhibition para passar momentos descompromissados ou o treino com a lenda John McEnroe, finalmente depois de uma década temos um bom e competente lançamento de um jogo de tênis.

88 %


Prós:

🔺 Simulador excelente com física e controles sólidos
🔺 Simples de jogar e com camadas de estratégia nas partidas e modo carreira
🔺 Bom elenco de atletas, além da capacidade de criar seu próprio personagem
🔺 Efeitos sonoros muito bem trabalhados durante as partidas
🔺 Presença de diversas opções para jogo single ou multiplayer

Contras:

🔻 Visual simples pela proposta de realismo
🔻 Inteferência das microtransações na evolução do seu próprio atleta
🔻 Desbalanceamento em partidas do MyCarrer contra atletas do topo no ranking

Ficha Técnica:

Lançamento: 26/04/2024
Desenvolvedora: Hangar 13
Distribuidora: 2K Games
Plataformas: PC, Xbox One, Xbox Series, PS4 e PS5
Testado no: PS5

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024