Skip to main content

Quando alugar filme era moda e a tecnologia estava começando a chegar nas cidades pequenas, lembro de um daqueles totens onde podíamos ver os trailers dos filmes. Era uma forma de descobrir filmes que não haviam na locadora, e foi assim que soube de O Massacre da Serra Elétrica.

O filme de 1974 deixou uma cicatriz na minha memória de 12 anos com sua temática perturbadora, personagens memoráveis e violência extrema a ponto de fazer com que aquela sessão de filme de horror com os amigos fosse memorável. Agora em 2023, Leatherface e a família Sawyer retornam no que em minha opinião é um dos, se não o melhor, jogo do gênero horror multiplayer.

Tirando a ferrugem do motor

Nesta nova interação de The Texas Chain Saw Massacre, o jogador vive a sensação do primeiro filme. Você controla um novo grupo de viajantes criados apenas para o jogo, enquanto que três membros ativos originais da família, presentes no filme, e mais dois Sawyer novos também dão as caras.

The Texas Chain Saw Massacre
Faz mais barulho que tá pouco! Ele só sabe onde estamos agora

O vovô Sawyer, como no filme, não se move. Mas diferente do filme, a presença do velho é algo assustador. Afinal, se nas telas vimos a sua fragilidade permitir que Sally escapasse, aqui o velhote é uma entidade poderosa, mostrando porque sua família o adora tanto e fazendo por merecer o título de maior matador do Texas. Usando seus anos de experiência, o velho grita e quem quer que esteja se movendo será destacado no mapa para os assassinos.

Para aqueles que não conhecem a narrativa do filme original, The Texas Chain Saw Massacre conta a história de Sally e seu grupo de amigos viajando pelo Texas rumo à casa de seus avós. No caminho eles se deparam com a família Sawyer, primeiro com Nubbin Sawyer (Caroneiro), que corta o irmão de Sally, depois no posto com Drayton Sawyer (Cozinheiro) e por fim com Bubba Sawyer, o temido Leatherface.

The Texas Chain Saw Massacre emula essa narrativa, exceto por Ana Flores e seu grupo de amigos estarem em busca de Maria Flores, que desapareceu nas imediações das terras dos Sawyers. A maneira como a Gun Interactive promoveu o jogo foi extremamente criativa, com ARG via Instagram e YouTube dando a ideia de que Maria Flores fosse alguém real.

The Texas Chain Saw Massacre
Sissy é uma personagem que seria excelente nos filmes

Bem vindos à família

A família Sawyer se divide entre os cinco assassinos e o vovô Sawyer. Cada personagem possui atributos e habilidades únicas. Sendo Jhonny uma espécie de Ghostface, um verdadeiro serial killer stalker, selvagem e brutal. Sissy é uma das mais criativas adições, cujo sua vida foi dedicada à diversas seitas, onde aprendeu a seduzir e atrair suas vítimas, além da produção de venenos que usa no jogo.

Leatherface usa sua notória e marcante motoserra (e não serra elétrica, que é um erro crasso da tradução brasileira), além de ser o maior e o mais veloz dos assassinos. O Caroneiro é especialista em armadilhas e em perseguir as vítimas através das escotilhas que ligam certos caminhos. E o Cozinheiro consegue ouvir suas vítimas enquanto se esgueiram pelos cenários e tentam escapar da família assassina.

Além de caçar os sobreviventes, os três assassinos escolhidos devem usar o sangue coletado ao atacar as vítimas, e em bolsas se sangue espalhadas pelo cenário, para alimentar o vovô Sawyer.

The Texas Chain Saw Massacre
Nada mais sádico e divertido do que ficar acelerando a motoserra enquanto alguém foge

Os mapas sempre se dividem entre solo e subsolo, com Leatherface começando no subsolo com os sobreviventes. O jogo inicia quando um deles abre uma das grandes portas e acorda o velho Sawyer, permitindo aos outro assassinos entrar também no subsolo. Caso o vovô seja alimentado o bastante, ele será capaz de encontrar as vítimas até mesmo quando estiverem paradas, portanto fuja antes que o velho mate sua fome!

Unidos em um pesadelo

Os sobreviventes de The Texas Chain Saw Massacre são os jovens Ana Flores, Sonny Williams, Julie Crawford, Leland McKinney e Connie Taylor. Cada qual com sua habilidade própria, prós e contras para sobreviver aos Sawyer, com meu rank pessoal de personagens sendo Julie, Leland, Sonny, Ana e Connie sendo a menos interessante.

Ana Flores é capaz de evitar sangramento e de sobreviver por mais tempo. Sonny possui sentidos aguçados e pode ouvir melhor e localizar os assassinos. Julie tem uma menor produção de ruído enquanto se esgueira, sendo capaz até mesmo de evitar a habilidade de localização de ruído do Cozinheiro.

The Texas Chain Saw Massacre
O filtro do filme mostra o quão próximo os assassinos estão

Leland é capaz de imobilizar os membros da família com um empurrão, enquanto Connie tem um maior foco enquanto realiza algum tipo de tarefa, seja em busca de itens em ossadas, caixas de ferramentas ou ao abrir portas e manusear geradores. Ou seja, ela é capaz de preencher a barra de tarefa mais rapidamente do que os outros.

Os jogadores podem entrar em partidas aleatórias e jogar contra jogadores desconhecidos ou formar grupo e planejar, de maneira que cada jogador tire o máximo de proveito de cada habilidade. O mesmo vale pro grupo de jogadores que assumirem os assassinos, trabalhando em sinergia para acabar com os sobreviventes.

Brincando com a comida

Os mapas de The Texas Chain Saw Massacre representam locais dos filmes e comuns para a família Sawyer. Temos a casa e o posto de gasolina do filme de 1974 e um matadouro semelhante ao do filme de 2002, todos com opções para jogar durante o dia, tarde e a noite, com o último aumentando (e muito) a tensão do jogo.

The Texas Chain Saw Massacre
Hehehehe… Fica fria aí, Pam

Semelhante a Dead by Daylight, em The Texas Chain Saw Massacre os jogadores devem se unir ou trabalhar sozinhos para escaparem de seus perseguidores, usando ferramentas, itens e pedaços de ossos para auxiliá-los em suas tarefas. A diferença, no entanto, é que apenas alguns assassinos conseguem rastrear as vítimas, que ficam o tempo todo sangrando pelo mapa.

O jogador deve estar ciente da quantidade de barulho que produz. Os assassinos podem localizá-los rapidamente, assim como o vovô Sawyer, que quando acorda age como a entidade de Dead By Daylight. As grandes portas de metal que levam à parte superior dos cenários também sempre fará barulho, então esteja preparado para usar seu personagem ao máximo e da melhor maneira possível.

Seja se escondendo no mato alto ou em cantos escuros, é preciso tomar cuidado pois personagens como Bubba e Jhonny correm muito rápido. Sissy e o Caroneiro são capazes de parar o jogador com o veneno e armadilhas, enquanto o Cozinheiro pode ouvi-lo de longe e trancar as portas com grandes cadeados que precisam ser arrombados com ferramentas. Em parte tudo não passa de uma grande brincadeira sádica para eles!

The Texas Chain Saw Massacre
Tive que ficar escondido por quase dez minutos, mas venci!

Colocando a máscara de couro

O jogo segue a mecânica de 3×4, sendo três o número de assassinos. Um dos jogadores sempre tem que controlar o Leatherface, enquanto os outros dois podem escolher livremente entre os outros assassinos restantes. Como dito antes, o jogador que escolher o Leatherface começa já no subsolo com as vítimas e, se for bom, pode matar elas ali mesmo, antes que sequer subam.

A função dos assassinos é afunilar ao máximo as rotas de fuga dos sobreviventes. Enquanto Bubba caça eles com sua motoserra no porão, ele pode ir destruindo as passagens menores e cortando obstáculos que impeçam ele, como os paletes em Dead By Daylight.

Enquanto isso, os jogadores que estão na parte superior do mapa podem ir se preparando para emboscar os sobreviventes com armadilhas e pontos de saída, estratégicos para emboscadas. E, claro, coletar sangue de bolsas para alimentar o velho Sawyer para, assim que ele acordar, ampliar ao máximo seus poderes de localização.

The Texas Chain Saw Massacre
Jogadores de Caroneiro são uma cola, tente despista-los o mais rápido possível

Cada Sawyer possui diferentes execuções, algumas até mesmo tiradas dos filmes, exceto Jhonny e Sissy, já que são exclusivos do jogo. Até o momento apenas Leatherface tem outras roupas, sendo elas a de Pretty Lady e Old Woman de 1974, além de outras skins para sua moto serra através de conteúdo pago.

Mesmo jogo, diferentes partidas

Com o passar do tempo, o jogador vai ganhando pontos de experiência, seja como sobrevivente ou assassino. Você acessa as telas de personalização e árvore de habilidades de cada um dos personagens, gastando os pontos para desbloquear diferentes habilidades passivas e melhorar os atributos.

Os sobreviventes possuem os seguintes atributos: dureza, para resistir aos ataques; resistência, para garantir sua sobrevivência enquanto sangra sem parar pela partida; força, para poder contra-atacar com mais eficácia; proeficiência, que determina a capacidade de resolver os testes mais rapidamente; e furtividade, que garante menos barulho e mais facilidade de se esconder na grama alta e cantos escuros.

The Texas Chain Saw Massacre
Para os fãs de horror, esta abertura é tão icônica quanto a de Star Wars

Do lado dos assassinos os atributos são: selvageria, que garante ataques mais violentos; colheita de sangue, que faz com que cada ataque e visita à uma bolsa gere uma quantidade maior de sangue para alimentar o vovô Sawyer; e dureza, para resistir aos ataques das vítimas em fuga, em especial a do jovem Leland.

As habilidades passivas são várias e bem diferentes, garantindo tanto para os sobreviventes quanto aos assassinos uma maior habilidade e diferenciação de gameplay entre si. Os sobreviventes mais ousados tem maior chance de vencer, especialmente se dominarem o silêncio. Porém você pode também optar por ser rápido e, se tiver a chance, dar uns cascudos no velho Sawyer para atrapalhar ainda mais os canibais.

Rebobinando a fita

De todos os jogos de horror multiplayer que conheço, The Texas Chain Saw Massacre é de longe o mais divertido, atmosférico e com alto valor de replay. Na minha opinião supera até mesmo Dead by Daylight, pegando o que funcionou em Friday the 13th e adaptando para chegar em sua própria fórmula de sucesso.

The Texas Chain Saw Massacre
Fuja e não olhe para trás!

Além de ser uma ótima porta de entrada para uma das série de horror mais famosas do cinema, o jogo é repleto de homenagens, easter eggs, carinho pela franquia e pelo gênero de horror. Você desbloqueia também uma grande galeria de imagens, artes conceituais e fotos da gravação do filme original. E é incrível ver a abertura do jogo igual à introdução original do filme de 1974.

No começo das partidas, inclusive, rola uma animação especial pro sobrevivente que ficou de fora, não foi escolhido pelos jogadores. Caso esteja no lado da equipe de sobreviventes, verá esse personagem escapando. Mas se estiver na equipe dos assassinos, verá esse mesmo personagem sendo caçado, empalado no gancho e cortado por Leatherface. E todo desfecho, independente do resultado, mostra Leatherface rodando sua motoserra loucamente. Melhor que isso, impossível!

Review – Top Racer Collection

Rafael NeryRafael Nery04/03/2024

Review – Ruff Ghanor

Rafael NeryRafael Nery27/02/2024