Skip to main content

Spitlings são criaturas dentuças, quadradas e com certeza, esquisitas. Eles viviam felizes e tranquilos em seu arranha-céu até que um dia, uma forte chuva de slime atolou essa grande residência em uma viscosa meleca. Essa substância aprisionou quase toda a população e criou diversos obstáculos pelos andares deste prédio. Agora você deve juntar-se aos sobreviventes e partir em uma jornada divertida para limpar a área e libertar todos os seus amigos.

Desenvolvido pela Massive Miniteam, esse jogo promove uma agradável aventura com muitos desafios e, principalmente, um party game caótico e repleto de conteúdos, que incluem cem opções de personagens. Entretanto, é claro, você terá que progredir para ter acesso a todos eles. O visual colorido e agitado vai agradar jogadores de todas as idades e já adianto que as partidas são, sem dúvidas, extremamente divertidas, mesmo se você estiver sozinho.

O poder da saliva

A jogabilidade dos Spitlings não é difícil, eles são apenas quadradinhos cheio de dentes que podem ser confundidos com olhos (e talvez sejam mesmo, quem sabe). Eles transitam pelas fases se arrastando e, para completar seus movimentos, você utilizará os cuspes. Assim, é possível ganhar impulso para pular entre as plataformas ou esquivar-se dos inimigos e obstáculos.

Imagem do jogo Spitlings
Cada silhueta indica as vezes que você padeceu.

O ato de cuspir pode ter diversas interpretações ao redor do mundo, mas aqui ele serve tanto para a sua movimentação quanto para enfrentar seus inimigos e liberar passagens. É possível cuspir para baixo ajudando nos saltos e na luta contra os inimigos que estão abaixo mas, se eles estiverem acima, também dá para acertá-los com fortes cusparadas nesta direção. As mecânicas podem ser simples, mas vão exigir toda sua agilidade para lidar com as situações impostas pelos níveis.

As fases de Spitlings são bem rápidas, inclusive alguns dos objetivos envolvem a conclusão em tempos insanos como 15 segundos. Logo você terá que encontrar diferentes maneiras de utilizar seu cuspe para se dar bem nas partidas, inclusive, eliminar todos os inimigos é o seu objetivo principal. Você pode, por exemplo, cuspir no teto para que essa baba grude por um curto período e só venha a cair quando o oponente estiver se aproximando. Para tornar as coisas ainda mais interessantes, o cuspe é limitado, fazendo com que você gerencie a quantidade de saliva disponível. São mais de 100 fases para concluir e, vencendo os desafios de tempo, você ainda ganha acesso a níveis ainda mais difíceis.

Seus inimigos são bolhas que saltam pelo cenário. Muitas vezes eles são tão grandes que, quando atingidas, se dividem em bolinhas menores e mais rápidas. Em outras vezes, elas podem estar escondidas em cubos. Eliminá-las parece uma tarefa simples mas, acredite, o caos será constante, já que há inúmeros inimigos pulando ao mesmo tempo e basta uma colisão para que você morra. A graça é que tudo é muito frenético e, mesmo quando você padece, o personagem ressurge rapidamente, mantendo o ritmo sempre animado.

Imagem do jogo Spitlings
O cuspe também serve para abrir caminhos até seus inimigos.

Cuspindo para todos os lados

O visual de Spitlings é caricato com quadrinhos que rendem algumas risadas, já suas fases são coloridas e muito bem construídas. Por vezes, você se pegará tentando entender como superar um desafio, seja por não ter cuspes suficientes ou pela área possuir espinhos e bolhas em todos os cantos. Há duas maneiras de recuperar sua baba, uma delas é coletá-las novamente após caírem ao chão ou pressionar um botão que produz uma nova saliva. O segundo método só está habilitado quando personagem está imóvel e é isso que cria alguns desafios, pois nem sempre você poderá ficar parado. Há fases, por exemplo, que são feitas apenas de plataformas de pulos, obrigando você a ficar atento aos cuspes para atirá-los e recuperá-los em seguida. Uma vez que só assim conseguirá eliminar todos os inimigos e concluir a fase, isso traz desafios realmente complicados e divertidos.

É claro que essa brincadeira fica ainda mais animada quando se tem a presença de amigos na partida. O modo história pode ser feito em cooperativo com até quatro jogadores de forma local e online, em que você pode convidar os amigos da sua lista para a jogatina mas, esteja atento, se um for atingido, todos perdem. Seria ainda melhor se houvesse a possibilidade de chamar pessoas que não estejam na lista de amigos, isso facilitaria a reunião de jogadores para partidas em multiplayer.

Imagem do jogo Spitlings
Essa é uma fase que exige muito cuidado com a saliva.

Além da história, a diversão de Spitlings continua com o modo festa, no qual você pode refazer os desafios de níveis já concluídos e outros exclusivos deste modo. A diferença é que aqui há diversos modificadores que criam um clima diferente e novos objetivos. Você pode, por exemplo, ativar o filtro retrô que, além de deixar o visual pixelizado, permite eliminar as bolhas pulando em cima delas além de atingi-los com seu cuspe, é claro. Também é possível deixar os quadradinhos em gravidade zero, rotacionar o cenário, diminuir seu tamanho e entre muitos outros que deixam essas partidas ainda mais criativas.

Todas essas brincadeiras vão recompensá-lo com uma imensa lista de personagens engraçados e bastante curiosos. Além disso, o jogo conta com um sistema de conquistas que serão desbloqueadas conforme suas ações. Por fim, progredindo nesta aventura maluca, você também vai liberar os quadrinhos que contam a história destes pequeninos.

Imagem do jogo Spitlings
Os modificadores deixam a festa ainda mais divertida.

Porém, isso não é tudo: o menu inicial indica que em breve será possível criar suas próprias fases e desafios. Não há informações de como isso funcionará, mas espero que haja a possibilidade de compartilhar os níveis com amigos e vice-versa, já que assim a brincadeira vai render ainda mais.

Esse é um daqueles jogos em que podemos reunir a galera para uma jogatina descontraída e festiva, mas é também uma boa pedida para aqueles que curtem superar desafios criativos e reunir todas as conquistas e colecionáveis. O visual e a trilha sonora vão manter tudo animado do início ao fim, independente de quantas pessoas entrarem para esta brincadeira. No fim, Spitlings merece sua atenção, pois é bastante frenético, engraçado, tem bons desafios e além disso, está repleto de conteúdos.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024