Skip to main content

O que aconteceria se Overcooked e Motorsport Manager tivessem um filho? A mistura pode ser inusitada, mas é um bom jeito de descrever o ritmo frenético de Speed Crew. Encarregado de realizar pit stops, você descobrirá que qualquer centésimo perdido é muito importante em uma corrida. Não se deixe enganar: no ditado, a tartaruga consegue ganhar da lebre, mas, na vida real e no jogo, qualquer lerdeza é punida.

Speed Crew possui uma proposta divertida, mesmo sem inovar muito. É nítido como as referências de outros jogos moldam a jogabilidade por aqui. Seria esse título, então, capaz de chegar ao patamar de franquias similares? É, sem dúvidas, uma tarefa difícil, mas que os desenvolvedores abraçaram – e, já adianto, realizaram com maestria.

O balé do pit stop

Os engenheiros responsáveis pelo pit stop no automobilismo treinam bastante. É quase como se fosse uma dança, onde cada movimento é cuidadosamente coreografado. Tal nível de preciosismo é justificado em um esporte onde a diferença entre o primeiro e o segundo lugar pode ser uma questão de milésimos. Speed Crew, portanto, tem uma fundação para justificar o seu ritmo intenso.

Começando na década de 1970, o modo carreira te coloca por diversos cenários, onde as mecânicas relativas ao pit stop aumentam conforme o jogo progride. Você começa apenas trocando pneus, mas depois terá que, além disso, realizar tarefas mais complexas. E não se esqueça que o tempo está passando!

Speed Crew

O modo carreira, porém, foi pensado para uma experiência de um jogador. A jogabilidade de Speed Crew casa perfeitamente com o esquema de vários jogadores, similar a jogos como o já citado Overcooked e Spacelines From The Far Out. Caso você queira experimentar o jogo em seu potencial máximo, recomendo que encontre alguns amigos e jogue o modo online. 

O caos do microgerenciamento

Como dito, a experiência no modo de um jogador pode ser um pouco frustrante. Com várias pessoas, algumas mecânicas extras, como a de passar objetos, se mostram cruciais. Caso você queira tentar jogar sozinho provavelmente se sentirá frustrado tendo que percorrer boa parte do cenário.

Ignorando esse aspecto, Speed Crew acerta muito na ambientação e na música. Os fãs de automobilismo certamente ficarão satisfeitos com as mecânicas e todo o ambiente em volta da área de pit. Assim como em jogos similares, esquecer de terminar alguma ação pode ser brutal e acarretar em uma perda de tempo gigantesca. 

Speed Crew

Apesar de simples, Speed Crew acerta no básico, além de se aventurar em um território não explorado por jogos similares. Se você gosta de automobilismo, tem amigos que compartilham do seu interesse e que topariam uma experiência frenética, nível Overcooked, então Speed Crew é uma ótima pedida.

85 %


Prós:

🔺 Ambientação que agrada fãs de automobilismo
🔺 Várias fases e mecânicas diferentes
🔺 Divertido com amigos…

Contras:

🔻 …mas meio chato de jogar sozinho

Ficha Técnica:

Lançamento: 31/01/2024
Desenvolvedora: Wild Fields
Distribuidora: Wild Fields
Plataformas: PC, PS5, PS4, Nintendo Switch, Xbox Series, Xbox One
Testado no: PC

Imagem de Children of the Sun

Review – Children of the Sun

Marco AntônioMarco Antônio09/04/2024
imagem de Ereban: Shadow Legacy

Review – Ereban: Shadow Legacy

Marco AntônioMarco Antônio09/04/2024