Skip to main content

Celebrando os 10 anos deste clássico cult que possivelmente muita gente não conhece, Savant – Ascent Remix resgata um sucesso da D-Pad Studio, lançado originalmente para celular, antes mesmo de serem famosos por Owlboy.

Ampliando o trabalho de Simon Stafsnes Andersen e trazendo o músico norueguês, Aleksander Vinter, também conhecido como Savant, nós temos um bullet hell vertical e com ritmo acelerado, repleto de músicas incríveis e visual com estilo gótico.

Continue a subir

Acho engraçado perceber que Savant – Ascent Remix é um jogo pensado e baseado no trabalho de um músic experimental. Mais hilário ainda é saber que ele pode ser terminado com menos de uma hora de jogo, mas que com certeza ele vai testar os reflexos dos jogadores ao extremo num twin-stick shooter.

Savant - Ascent Remix
Prepare-se para subir, pular, esquivar e atirar para todo lado

No papel de um Alquemista mascarado, você acaba sendo jogado do topo da sua torre por forças misteriosas que interferem em sua Pedra Filosofal. Agora você precisará utilizar o elevador para subir todos os andares, enfrentando diversos robôs, monstros e chefões, para acabar com a ameaça e ascender ao seu domínio, justificando o título desse jogo.

Savant – Ascent Remix não possui uma história profunda, muito menos uma construção narrativa, reservando apenas a uma sequência de poucas imagens para termos esse entendimento sobre a motivação do protagonista e o esforço que teremos, com muitas tentativas, ao enfrentarmos combates realmente desafiadores.

Se a história não é seu forte, os desenvolvedores capricharam no visual. Com um estilo gótico, que lembra um pouco Castlevania, temos ambientes muito bonitos e coloridos. Começando pelo altar, chegando ao elevador para subirmos através da assembleia e catacumbas, para chegarmos até as estrelas.

Savant - Ascent Remix
Completar qualquer fase sem morrer merece ser comemorado

Os inimigos acompanham o estilo de cada cenário, com máquinas ao redor do elevador e assembleia, monstros vindos da escuridão nas catacumbas e invasores estelares vindos de todos os lados em grande quantidade. Com ambientes iluminados com vitrais, ferragens e engrenagens ao fundo, além de gárgulas e estruturas medievais, o jogo segue sua progressão vertical até as estrelas. Tudo muito bem caracterizado, com uma direção de arte competente e rica em detalhes.

Esse novo trabalho e resgate feito pela D-Pad Studio brilha pelo visual e gameplay, que brincam com a capacidade de aprendizado do jogador, destreza em realizar as manobras do Alquimista e a agilidade em perceber o que acontece ao seu redor.

Full Frenzy Alchemist

Contando sempre com duas bases para se movimentar, em boa parte do jogo com dois elevadores, passando a utilizar duas pedras na última fase, o Alquimista utilizará apenas um botão para se movimentar lateralmente e outro para saltar. Dessa maneira você sempre alternará entre seus dois “terrenos” para escapar dos inimigos.

Savant - Ascent Remix
Catacumbas é uma fase criativa e ao mesmo tempo infernal

Para destruir seus inimigos você contará com sua magia como tiro e uma mira 360°, além de um ataque especial que dispara três projéteis mais poderosos ao mesmo tempo. Ao iniciarmos nosso ataque, o Alquimista lançará três tiros fracos e seguirá atacando com apenas uma orbe, porém basta soltar o botão e retomar o ataque ou se movimentar, para que as três orbes inicias sejam disparadas novamente.

Seu especial é carregado de acordo com a quantidade de ataque realizado, enchendo mais rápido quando você destrói uma criatura. Em meio às ordas de inimigos, você encontrará um baú voador e ao destruí-lo, o Alquimista poderá recuperar um quarto de um CD. Esse coletável libera uma trilha sonora nova e criada por Savant para você ouvir durante as fases.

Detalhe para a dificuldade do jogo, que oferece três níveis diferentes e com condições que vão permitir todos os tipos de jogadores aproveitarem a jogatina. O modo fácil oferece checkpoint e vida extra, já o normal mantém essa base e aumenta a dificuldade dos inimigos, porém o modo hardcore é realmente difícil, sem checkpoint, sem vida extra e medidor do especial já começa vazio.

Savant - Ascent Remix
Os chefões são realmente muito irritantes e desafiadores

Mesmo não oferecendo opções para melhorar o personagem, quanto mais “hits” você realizar durante a fase, ao destruir seu inimigo e não somente acertá-lo, o Alquimista vai mudando de cor e realizando ataques mais fortes. É realmente difícil chegar nesse nível, mas também é muito recompensador atingir esse nível superior de ataque.

Desafiador e viciante

Com poucos comandos, controles precisos e gameplay desafiador, Savant – Ascent Remix é realmente divertido e viciante, pois oferece coletáveis para prolongar o tempo de jogo e um modo survival, para você jogar contra o relógio e enfrentar todos os tipos de inimigos, inclusive os chefões.

Falando em chefes, a D-Pad Studio caprichou na criatividade e dificuldade dos principais inimigos. Começando por Vario, que por sinal é o nome de um single do músico Savant, e terminando na luta contra o Samurai Imortal, você encontrará desafios que vão testar sua habilidade e paciência.

Savant - Ascent Remix
Poder ouvir essas faixas da trilha sonora compensam qualquer esforço

Meu único ponto de crítica ao jogo fica pela falta de um frame de invencibilidade, pois muitos ataques ou inimigos acabam vindo de qualquer direção, sem contar a escuridão das catacumbas que atrapalham demais, e não conseguimos esquivar com o pulo ou o rolamento entre as plataformas.

Savant – Ascent Remix mescla o aprendizado com o ódio pela derrota, para aprendermos como avançar até o topo, fazendo valer o “quê” de Arcade com o placar a cada derrota. Sempre muito bem acompanhado da excelente trilha sonora, que com certeza você vai querer continuar ouvindo ao parar de jogar, o novo jogo da D-Pad Studio merece um espaço na sua jogatina.

92 %


Prós:

🔺 Trilha sonora maravilhosa
🔺 Desafio agradável e bom ajuste na dificuldade
🔺 Excelente direção de arte para os cenários e personagens
🔺 Controles simples e com comandos precisos
🔺 Coletar os CDs realmente valem o esforço

Contras:

🔻 Poucas fases para jogar
🔻 Faltou um frame de invencibilidade ao esquivar
🔻 Mesmo o modo “normal” pode ser bem frustrante
🔻 Falta de opção para customizar e melhorar o Alquimista

Ficha Técnica:

Lançamento: 29/09/23
Desenvolvedora: D-Pad Studio
Distribuidora: D-Pad Studio
Plataformas: PC

Imagem de Zet Zillions

Review – Zet Zillions

Marco AntônioMarco Antônio23/05/2024
Terra Memoria

Review – Terra Memoria

Vinícios DuarteVinícios Duarte21/05/2024