Skip to main content

Vindo em par com The King of Fighters R-2, Samurai Shodown! 2 faz parte da iniciativa NEOGEO Pocket Selection, que traz os jogos e franquias mais emblemáticas que saíram no portátil para o Nintendo Switch. Só que, ao invés das lutas nas ruas que KOF e SNK Gals’ Fighters traziam, aqui o caminho da espada e dos samurais te levará a novos cenários e personagens tão incríveis quanto os das duas franquias.

Sendo a continuação direta de um iminente sucesso e lançando em 1999, ele na verdade é uma adaptação para o portátil de Samurai Shodown 64: Warriors Rage, levando consigo a mesma história e personagens controláveis. Porém, a versão do portátil foi um grandioso sucesso, sendo considerado até um dos melhores títulos lançados na plataforma e ganhando sua própria base de fãs.

O caminho da espada

Samurai Shodown! 2 já começa mostrando ao que veio, trazendo um ritmo eletrizante em cada combate. Mesmo com o uso de apenas dois botões, a intensidade e a direção para onde apontará suas lâminas serão cruciais para te levar até a vitória contra o demônio Yuga, the Destroyer. Assim como as versões para console, não adianta piscar aqui, já que uma pequena falha te levará a ser derrubado e ter sua barra de HP diminuída de forma considerável.

Com quinze personagens selecionáveis, o modo arcade e survival vão compensar bastante a sua diversão solo. Para complementar a sua jogabilidade, conforme você avança no título, ganhará cards que poderão ser equipados e te darão mais habilidades para sobreviver nas maiores dificuldades. A prioridade sempre é para o personagem que está jogando, mas você vai perceber que ganhará um ou outro dos demais lutadores para implementar suas técnicas.

Imagem do review de Samurai Shodown! 2
Yuga é o grande vilão do jogo e o aguarda no final do modo arcade.

Outro detalhe espetacular é ver todo o carinho que a equipe de desenvolvimento original teve com os especiais e sequências de combos no game. A cada um você teme pela quantidade de vida que tirará do seu personagem, porém o visual é incrível. Mesmo fazendo parte de um portátil que lançou junto ao Game Boy Color, ele estava em ótima forma, até para os dias de hoje.

Não é difícil ver a razão de Samurai Shodown! 2 ser o favorito da galera que jogou o título antigamente. Além de ser tão fluído e com uma maestria técnica tanto quanto os outros títulos da seleção da SNK, ele conta com a mesma seriedade e primor que a série principal. Mesmo com visuais chibi e todo o charme dessa versão, não altera em nada todo o peso que sua história e seus personagens carregam.

Imagem do review de Samurai Shodown! 2
O jogo mantém sua seriedade, mesmo com o design chibi.

Por exemplo, usei como minha personagem principal durante a gameplay a ninja Shiki. Mesmo com tão poucos polígonos e pouco resumo de sua história, nada ali desrespeita que ela é uma serva leal do grande vilão do jogo e que foi guiada por toda sua vida nesse caminho. Mesmo estreando na franquia neste jogo, você consegue sentir que não está ali à toa ou que foi feita apenas para preencher espaços.

E mesmo sendo um jogo de luta, que já teve um período que foi mega criticado por não ter história alguma ou tratar porcamente o seu lore, ele conta com explicações entre alguns períodos para que compreenda o contexto de todas aquelas batalhas. Inclusive, há batalhas contra mid-boss que são tão significativas e temerosas quanto o confronto contra o vilão Yuga.

Imagem do review de Samurai Shodown! 2
Os mid-boss apresentam tanto desafio quanto o chefão final.

Conflitos em Samurai Shodown

Assim como The King of Fighters R-2, o Samurai Shodown! 2 também permite que você jogue o multiplayer partilhando do mesmo aparelho no modo portátil. Você nem precisa destacar os joy-cons, dando uma chance principalmente para quem tem a versão Lite do aparelho. É um dos grandes impedimentos dessa edição e a SNK, pensando nesse público, facilitou ainda mais a vida dos jogadores.

Porém, assim como os demais dois títulos, não existe a opção de jogar online com ele. Nem é algo que deva ser reclamado mais, já que aparentemente todos os games dessa seleção seguirão por essa linha, porém faz uma falta imensa. Poderiam ao menos fazer um ranking mundial ou algo do gênero, para garantir que a comunidade continue engajada de algum modo. Não ter nada em rede desanima um pouco, ainda mais se tratando do gênero que incentiva a jogar com mais pessoas e em época que temos de manter o distanciamento.

Imagem do review de Samurai Shodown! 2
Já que não tem online, vamos colecionar cartinhas in-game.

Mesmo assim, o fator replay é intenso e você não largará tão cedo o seu Switch enquanto joga. O modo survival é uma excelente forma de testar suas habilidades, assim como reunir todos os cards diferentes pode levar um bom tempo de jogatina. Além disso, as diferentes gameplays de cada personagem te motivarão ao menos a tentar jogar uma vez com cada um para entender melhor como funcionam e em como eles podem se portar conforme seu aprendizado.

Assim como os demais, ele também conta com um guia ilustrado, mostrando as técnicas e algumas artes diferentes do jogo. É o mesmo que ia antigamente, na caixa do jogo e traz de volta de forma muito boa a nostalgia de ter esse tipo de arquivo, mesmo que seja digital. Retornam da mesma forma as personalizações do portátil que aparecem na tela, permitindo que escolha skins diferentes do videogame.

Imagem do review de Samurai Shodown! 2
Os guias também contam com sequência de combos.

Samurai Shodown! 2 mantém a mesma qualidade que os principais títulos da franquia e possui um mérito por conta própria na plataforma. É uma chance excepcional de jogar no Nintendo Switch, que traz outro título de sucesso para o seu hall que, além de incluir vários indies, também carrega consigo os maiores hits do passado junto. A SNK também está de parabéns por trazer tudo de forma tão perfeita para as novas gerações.

Se tiver a oportunidade, é uma super recomendação que faço aqui. Além de ocupar um pequeno espaço na memória, também é super barato na Nintendo eShop. Caso não seja do seu estilo, ainda tem The King of Fighters R-2 e SNK Gals’ Fighters disponíveis também para que aproveite o melhor que o NEOGEO Pocket Color tinha a oferecer onde quiser e como quiser no Século XXI.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024