Skip to main content

Foram décadas de espera. Décadas dependendo de traduções de fãs. Mas finalmente Romancing SaGa 3 foi lançado oficialmente no ocidente, e como se não bastasse, também agraciando o PC. Parece que a Square Enix finalmente resolveu olhar para sua cartilha de jogos antigos que não são Chrono Trigger e Final Fantasy. Ou talvez seja só um pequeno surto temporário, só o tempo dirá.

“Mas o que é esse tal de Romancing SaGa 3?”, você, que não é um nerd maluco de JRPG, me pergunta. Bem, é uma série de jogos da Square Enix um quanto obscura para o público maior. Tanto que nenhum deles tinha saído oficialmente por aqui até hoje. Também têm fama de serem difíceis como o diabo, mas isso é outra história.

Uma vasta galeria de heróis

A história é bem simples no começo. A cada 300 anos, uma estrela negra encobre o sol e mata tudo que nasce naquele ano. Mas às vezes uma criança sobrevive e pode se tornar um grande herói ou vilão. Ambas as coisas já aconteceram no mundo. E agora, vinte anos depois do último evento, o mundo espera quem será o grande herói ou vilão da era. Claro, isso é só o começo, já que estamos falando de um JRPG.

Imagem do jogo Romancing saga 3
Há vários caminhos para se escolher neste jogo.

Ao contrário de muitos jogos do gênero, Romancing SaGa 3 não tem um pequeno grupo de heróis que fica junto o tempo todo na história. Existem vários heróis, cada um com um caminho diferente dentro do jogo. Você pode começar com o jovem impetuoso clichê de JRPG, caminhando de batalha em batalha, ou pode ser o príncipe de um reino tendo que lidar com os problemas de uma guerra e usurpadores do trono.

Outra característica do jogo é que suas habilidades são adquiridas aleatoriamente. Ou seja, não importa quantas batalhas você vença, suas habilidades só vão mudar quando os dados internos do jogo permitirem. Isso é uma coisa que torna Romancing SaGa 3 um jogo até mesmo frustrante, visto que você não tem controle sobre sua progressão.

E a versão para PC, como é?

Agora vem a parte mais complicada. A Square Enix tem uma história meio conturbada quando se trata de ports dos seus jogos para computadores. Um exemplo disso foi a polêmica envolvendo o lançamento de Chrono Trigger na Steam. De má otimização até um “filtro” HD totalmente irritante e desnecessário, a versão foi massacrada pelos jogadores. Demorou quase um ano para a empresa consertar o jogo e deixá-lo como esperado.

Você vai morrer muito nessas batalhas, pode acreditar.

Mas parece que eles aprenderam a lição aqui. O port de Romancing SaGa 3 é bem feito. Não diria perfeito, mas é o esperado. O jogo é exatamente o mesmo que é visto na versão de Super Nintendo, apenas com uma leve melhorada na resolução para que os pixels não fiquem explodindo na sua cara, o que termina num efeito até agradável.

Quanto à jogabilidade, tudo parece ser idêntico ao jogo original. Digo “parece” porque os personagens caídos numa batalha voltavam à vida com a barra de HP cheia na outra. Não lembro se isso acontecia antes e, pra falar a verdade, estou com uma preguiça brutal de procurar um emulador e testar. Vou considerar que sempre foi assim. Do mesmo modo, julgo que as batalhas que você encontra pelo caminho não foram facilitadas, haja vista vários de meus personagens morrerem com um golpe só.

Imagem do jogo Romancing Saga 3
É isso mesmo! Não mexa com a moça!

E isso é uma coisa que precisa ser falada. Muito provavelmente o motivo pelo qual o Romancing SaGa 3 tenha ficado esquecido por tanto tempo é que ele é um jogo terrivelmente complicado. Além de batalhas difíceis, você tem que lidar com uma tela de opções que não te ajuda muito. Não existem espaços pré-existentes para armas ou armaduras por exemplo. Tudo é colocado no mesmo lugar.

No momento das batalhas, você pode escolher com que arma vai atacar o inimigo, com um arco ou uma espada, por exemplo. Mas até entender isso, uma boa parte do jogo se vai. Pra ser sincero, não vi grande utilidade em trocar de arma uma vez que você só vai usar uma e olhe lá com cada personagem.

Imagem do jogo Romancing Saga 3
Não parece, mas esse lugar é extremamente perigoso.

Então é um bom jogo esse Romancing SaGa 3?

Esta talvez seja a pergunta que você, não nerd de JRPG, esteja se fazendo. Olha, eu diria que sim, é um jogo muito bom! Pode ter mecânicas meio estranhas até para a época em que foi lançado, mas continua sendo um dos clássicos do gênero. E se você quer se embrenhar neste mundo, vai ser muito bem recompensado com uma boa história e uma boa dificuldade, se é isso que gosta.

Repetindo, Romancing SaGa 3 é difícil mesmo. Não é como Final Fantasy 6, jogo da mesma época, onde você encontrava a arma mais poderosa num baú sem vergonha dentro de uma caverna besta antes do enredo chegar à metade. Você terá que batalhar até contra o sistema de jogo. Mas, no fim das contas, eu acho que vai compensar pelo esforço.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024