Skip to main content

Uma jornada para se tornar um mestre Pokémon sempre envolve muitas aventuras e descobertas. Partindo para desvendar os mistérios e perigos de novas rotas, cidades e poderosos treinadores, cada um segue seu próprio caminho para ser o número 1. Isso, claro, com os monstros de bolso te acompanhando lado a lado. Lutando, evoluindo e crescendo junto a você.

Após todas suas aventuras em sete regiões diferentes, está na hora de descobrir quem é o melhor treinador do mundo. Líderes de ginásio, heróis, campeões, membros de várias Elite dos 4 diferentes, capitães entre vários outros que almejam o posto. O mobile Pokémon Masters te oferece uma verdadeira sequência para tudo que se viveu neste universo e ser o teste supremo para você se provar um merecedor da honra de ser o mais poderoso.

Um novo mundo de aventuras

No papel de um treinador iniciante, como em todos os jogos da série principal, você começa com um Pikachu ao seu lado. Óbvio que o mascote da franquia estaria por perto, não é? Logo de início, surge a descoberta de um novo molde de combates que está em andamento no continente de Pasio. Os combates são de 3v3, sendo possível fazer alianças e formar times para alcançarem o topo.

Com combates dinâmicos e ágeis, o fluxo do jogo se torna bem agradável. Uma barra de energia dita o quanto se tem disponível para atacar, sendo que cada Pokémon tem golpes que identificam o quanto gastariam dela. Não há turnos, com os monstros podendo atacar e serem atacados a qualquer momento. Cabe a você identificar o melhor momento e a vantagem de tipos para virar o game ao seu favor.

Ao contrário da franquia GO, neste você não tem a opção de sair caçando novos monstrinhos para incrementar o seu time. Cada treinador possui apenas um Pokémon, forçando você a fechar parcerias com personagens específicos para cobrir as fraquezas do seu grupo ou para derrotar certos oponentes.

Conforme se sobe de nível, seus monstros também ficam mais fortes, ganham habilidades e golpes novos e a sua estratégia passa a evoluir junto ao game. Quanto mais se avança, mais complicado se torna conquistar as insígnias para chegar ao grande campeonato e se consagrar o Mestre de todos. Ou seja, uma equipe bem equilibrada e treinar alguns personagens que não se costuma usar tanto são a chave para vencer mais.

Todo mundo quer ser um mestre

Pokémon Masters é bem instintivo em sua interface. No mapa comum e nos diálogos, basta clicar no personagem para interagir com eles. Nas batalhas, os três ícones dos seus monstros ficam em destaque, assim como os golpes. Você tem uma barra no campo inferior que medirá sua energia e basta tocar em um inimigo para mudar o alvo dos ataques.

Herdando o legado dos Z-Moves, em Pokémon Masters há os Sync Moves, nos quais o treinador e o Pokémon estão conectados o suficiente para soltar um golpe muito mais poderoso baseado no seu tipo predominante. Esse recurso não está liberado logo de cara, necessitando de algumas rodadas e ataques para que você possa finalmente utilizá-lo.

No Centro Pokémon, você pode interagir com alguns personagens, comprar itens especiais, aumentar o nível dos personagens, desbloquear novas parcerias, praticar treinos especiais e várias outras atividades para o constante progresso da sua jornada. Fora dali, você pode seguir a história principal ou conhecer mais dos personagens que te acompanham.

Como jogador veterano da franquia, falo abertamente que essa foi uma total surpresa para mim. O aprofundamento que eles dão aos personagens que já conhecemos é impressionante e ali cabem muitas histórias que nunca foram contadas nos jogos. Por exemplo, você sabia que o Brock tem problemas em treinar dentro do Ginásio de Pewter pelo tamanho de seu Onix? Ou que Whitney foi protegida pela Miltank enquanto criança e por isso a adotou?

Todos os personagens possuem uma história não-contada, um lado que nunca foi mostrado e que enriquece ainda mais a franquia como a conhecemos. Você inclusive tem a opção de interagir com os heróis dos jogos anteriores, ganhando destaque uma das primeiras que aparecem, Rosa, a protagonista de Pokémon Black e White. Se caiu aqui de para-quedas, os jogos anteriores sempre lidavam com os personagens principais como seres sem voz e personalidade, sendo levados por uma onda de acontecimentos até o fim de Pokémon Masters.

Voltando à Rosa, ela é animada, risonha e disposta a te ajudar junto ao seu Snivy. E não se preocupe na questão de fanservice e referências, pois vem uma enxurrada deles. Rosa comenta do Pokéstar Studios, Janine conta sobre a sua relação com o pai e em ter herdado seu legado, Roxanne e seus medos sobre estar ensinando devidamente os alunos como professora em Rustboro, entre várias outras histórias.

Entretanto, nenhuma região teria uma história rica sem a presença de um time maléfico para atrapalhar seus planos, não é? Neste caso é o Time Break, personagens novos que desejam impedir que você se torne um Mestre. Obviamente há planos mais nefastos por trás dos panos, mas você descobrirá aos poucos enquanto prosseguir na jornada. No hall de personagens também entra a novata Professora Bellis, que estuda os movimentos Sync que ocorrem na área.

Prepare-se para encrenca

Pokémon Masters não é livre de algumas falhas. Dependente total da internet, os servidores nesse lançamento não estão suportando tantos jogadores e caindo com frequência. Recebi relatos de pessoas que mal conseguiram logar, mesmo com dispositivos que cumprem todas as exigências técnicas. Portanto, não se assuste se estiver jogando e ele cair ou acusar de não encontrar a rede.

Também, haja espaço na memória pois, além de fazer o download do game, ele exige mais dois arquivos para baixar. Um com a atualização do sistema do jogo e outro para o Modo História. São 1,26GB para rodar Pokémon Masters sem impedimentos. Segundo uma mensagem in-game, eles estão cientes dos problemas e lançarão novas atualizações para corrigir os erros, então conte que esse tamanho ficará um pouco maior em breve.

Além desses fatores, como o bom jogo mobile que é, Pokémon Masters também possui microtransações. Para conseguir novos parceiros, você ganha moedas durante os combates e, juntando 300, pode adquirir um novo. Com dinheiro real, você compra essas moedas e aumenta ainda mais suas opções. Não é nada que extrapola tanto e não chega a incomodar, mas existe.

Por fim, o jogo oferece opção online apenas de forma cooperativa. Portanto, não espere formar o melhor time para poder destruir seus amigos/oponentes. Se isso é bom ou ruim, varia de opiniões, mas isso tende a cair no mesmo buraco que Pokémon GO caiu de não permitir as pessoas de travarem combates uma com as outras e o público se dispersar.

Honrando o lore da franquia e trazendo vários dos rostos, conhecidos ou não, dos sete principais games, Pokémon Masters é o jogo mobile definitivo para quem procura algo a mais do que a saga já te ofereceu até aqui. Ao contrário de GO e Duel, que ignoram tudo que foi realizado nos principais títulos, é um prato cheio formar um time com personagens que se apaixonou, sejam novos ou antigos.

Apesar dos defeitos, é um excelente jogo para quem já gosta da franquia ou para quem está curioso para saber mais da história dela. A Dena prometeu também soltar eventos esporádicos, com o primeiro contando com o primeiro campeão que enfrentou de Kanto, Blue e seu Pidgeot. Assim como a aparição de mais treinadores que não estão ainda no game.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024