Skip to main content

Eu sou um grande fã de jogos no estilo Inside (acho que podemos chamar de Insidelike). Existem alguns destaques como as franquias FAR e Little Nightmares, sem contar o próprio Limbo, que praticamente tornou popular esse estilo de jogo. Todos eles oferecem uma aventura curta, embora sejam repletos de momentos tensos e belos, e Planet of Lana se encaixa exatamente nesse estilo de jogo.

Confesso que não vi muito conteúdo sobre o jogo do estúdio Wishfully, estreante vindo da Suécia. E o pouco que vi, não me chamou muito a atenção. Ah, como eu não fazia ideia da aventura que me esperava, mesmo que a duração seja menos de 4 horas.

De tragédia à emoção

A história desse tipo de jogo sempre começa com um acontecimento ruim, se desenrolando com o gameplay, finalizando com um momento épico. Planet of Lana não foge desse esquema. O game se inicia com Lana, protagonista, andando por seu vilarejo sobre as águas, junto de sua amiga, até chegarem no alto de um pico com uma bela vista. Logo máquinas descem do céu e começam a capturar todos os humanos dali. A menina foge, ao mesmo tempo que vai atrás das máquinas para resgatar sua amiga.

Pronto, esse é o início que acontece em poucos minutos, e que também serve como uma espécie de tutorial ensinando os movimentos da protagonista. Nenhum personagem do jogo fala uma língua compreensível, mas somente sons simulando as poucas conversas que existem. Isso ainda é muito, já que os jogos citados acima, nem mesmo vozes, têm.

E aqui entramos no principal de Planet of Lana: a aventura e os vários desafios pelo caminho. O gameplay é bastante simples. A menina anda e corre, se agacha, pula e interage com objetos e seu animalzinho ajudante, que tem papel importantíssimo nas mecânicas de gameplay.

Gameplay calmo e inteligente

O jogo mescla bem os momentos de avanço pelos cenários, com uma belíssima trilha sonora e um estilo artístico que me agradou muito, enquanto a câmera se distância deixando tudo mais cinemático, com resolução de puzzles para que o progresso aconteça. Os quebra-cabeças são muito variados e não se repetem, e olha que não são poucos, viu?! Todos eles são bem intuitivos, mas você se perderá um pouquinho em um ou outro.

Essa é uma das partes que sem a ajuda do bichinho, não há progresso

A ajuda do pequeno animal preto nesses momentos são cruciais, já que sem ele não é possível progredir. Lana pode comandá-lo para ir aonde ela quer, e também interagir com o que ela precisa. É possível darmos uma ordem para que ele pare e nos siga, e isso é bastante estratégico em alguns momentos.

Lana não se defende, então ela precisa se esconder das ameaças, que são as máquinas procurando por vida, e os animais do mundo, usando seu parceiro e sendo inteligente. Sim, alguns momentos exigem bastante atenção do jogador em como avançar. Caso morra, não se preocupe, o jogo carrega no início daquele trecho.

Ambientes diversificados e belos

Planet of Lana conta com belos cenários, passando pelo início bastante verde com muitas árvores e grama, cavernas, deserto, instalações tipo fábrica e mais. Já que o jogo dura pouco, dificilmente você irá abusar o ambiente, porque que não demora muito para mudar.

Em alguns momentos só nos resta contemplar

O jogo tem momentos tensos, fofinhos de interação entre Lana e seu bichinho (dá pra fazer carinho nele!), emocionantes e outros um pouco previsíveis. Sem “spoilar”, tem um acontecimento muito importante no jogo, que até emociona, mas eu sabia o desfecho dele lá na frente. Dito e feito, foi o que aconteceu. E essa é uma fórmula muito comum. Aliado a isso, minha outra reclamação é o tempo de jogo. Eu terminei em 4 horas cravadas, mas morri algumas vezes, então facilmente dá pra terminar em torno de 3 horas e meia ou até menos.

Até o momento da publicação dessa análise, ainda não é possível saber o preço de Planet of Lana, outro fator importante a se considerar. Esses jogos costumam custar menos de R$ 100 no PC (com exceção de Little Nightmares 2), plataforma que jogo.

Posso garantir que se você gosta dos jogos que citei no início deste review, pode jogar sem medo Planet of Lana, é uma aventura que vale muito a pena.

Imagem de Zet Zillions

Review – Zet Zillions

Marco AntônioMarco Antônio23/05/2024
Terra Memoria

Review – Terra Memoria

Vinícios DuarteVinícios Duarte21/05/2024