Skip to main content

Pizza Possum é um destes games casuais pra curtir com amigo, dar risada e passar raiva ao mesmo tempo, como acontece nas séries Overcooked e Moving Out. No game indie do estúdio alemão Cosy Computer o objetivo é comer tudo que ver pela frente, evitando ser pego pelos cães e abrindo passagens até alcançar o trono do rei e abocanhar sua enorme pizza. Mas não pense que a tarefa será fácil: a vigilância é pesada e, para vencê-la, terá que se esconder, utilizar itens e ter muita paciência.

Temos um gambá e um guaxinim, um pra cada jogador no co-op local, mas também é possível controlar os dois com um único jogador, utilizando os analógicos. De início é bem confuso, mas uma opção que aumenta as suas chances de sucesso conforme pega a prática. Isso porque sozinho, com um único personagem, se falhar você volta pro último checkpoint. Com dois, pelo menos um pode salvar o outro após ser capturado. Toda a interação pede apenas que encoste em algo, como a abundante oferta de comida pra devorar, arbustos para se esconder, itens para pegar ou um cão para empurrar e soltar seu parceiro pego no flagra.

Pizza Possum

Gameplay descomplicado

O controle de Pizza Possum é tão básico e funcional que chega a impressionar. Se não fosse pela necessidade de um botão pra usar um item, tudo se resumiria ao controle analógico. Os itens variam entre energético (que dá impulso), uma máscara de ladrão (pra ficar menos visível aos guardas), outra máscara de cão (pra despistar), barricada (pra usar de bloqueio de passagem), espresso (pra dar um grau na velocidade), bomba de fumaça (que atordoa geral por alguns segundos), pastilhas (pra equilibrar a comilança, que te deixa gordo e lento), um gato na caixa (que atrai a atenção de todos), dentre vários outros. São 14 itens diferentes ao total.

Estes itens vão sendo desbloqueados aos poucos. Quanto mais você joga e pontua, mais itens são liberados pra te ajudar. E você vai precisar muito deles, pode ter certeza! Porém só dá pra usar um por vez, sendo trocado quando você passa por cima de outro item. Haverão momentos em que você irá trocar sem querer e se embananar todo, mas faz parte da brincadeira toda.

Pizza Possum

O mapa é grande e dividido em áreas trancadas por portões, sendo que a chave você conquista enchendo um medidor ao comer tudo que ver pela frente. Os bolinhos com cereja em cima ou pratos maiores enchem esse medidor mais rápido, portanto vasculhe o cenário pra agilizar o progresso enquanto vai dominando os vários pontos de salvamento.

Tá difícil, heim!

Não se deixe enganar pelo visual fofinho e estilizado de Pizza Possum. O desafio é alto, principalmente ao entrar na área do rei, onde você precisa comer a pizza toda e roubar sua coroa para vencer. Coordenar os movimentos com um amigo é tão difícil quanto jogar sozinho. E os guardas não dão tréga: eles correm e dão saltos com distância difícil de prever. Fora que ao ser avistado, aparecendo um alerta de exclamação típico de um Metal Gear Solid, os cães não são facilmente enganados, como pular dentro de um arbusto com eles por perto.

Pizza Possum

Provavelmente por conta da existência de apenas um mapa, Pizza Possum apresenta uma dificuldade um tanto desbalanceada, com muitos guardas em áreas complicadas de passar. Ser pego abrindo um portão, por exemplo, acontece muito. Outro problema é o replay: o jogo oferece novos desafios para completar, como roubar a coroa mais de uma vez sem ser pego, mas tudo ocorre no mesmo ambiente até enjoar.

Pizza Possum acaba por entrar na lista dos games que compensam pegar pelo preço, muito baratinho. E certamente é um jogo válido pra curtir com amigos e principalmente crianças, durante um churrasco ou qualquer outra situação casual que pede um joguinho de boas.

75 %


Prós:

🔺 Design muito fofinho
🔺 Grande variedade de itens pra usar
🔺 Jogar em co-op é bem divertido

Contras:

🔻 Dificuldade desbalanceada
🔻 Alguns checkpoints são distantes demais
🔻 Apenas um único cenário pra jogar

Ficha Técnica:

Lançamento: 28/09/23
Desenvolvedora: Cosy Computer
Distribuidora: Raw Fury
Plataformas: PS5, PC, Xbox Series, Switch
Testado no: PS5

Imagem de Zet Zillions

Review – Zet Zillions

Marco AntônioMarco Antônio23/05/2024
Terra Memoria

Review – Terra Memoria

Vinícios DuarteVinícios Duarte21/05/2024