Skip to main content

Após 6 anos em produção, OUTBUDDIES finalmente saiu. Trata-se de um metroidvania que junta todos os elementos do clássico Metroid e adiciona novas mecânicas que nem sempre funcionam tão bem quanto deveriam. Como título indie e com algumas atualizações ainda saindo, OUTBUDDIES promete uma experiência clássica no PC. Já a versão para consoles (PS4, Xbox One e Switch) sai só no primeiro trimestre de 2020.

Após um naufrágio, você, na pele do aventureiro Nikolay Bernstein, desperta a 36000 pés abaixo do nível do mar. Estando gravemente ferido, você se conecta a uma unidade mecânica chamada Buddy. Ao tentar desvendar os segredos das ruínas onde acordou, você vai cada vez mais fundo em busca de respostas.

Uma civilização perdida

A história de OUTBUDDIES se passa no fundo do mar, onde após uma curta exploração, você é introduzido aos Wozan, uma tribo de mineradores que temem os antigos deuses e possuem um desejo intenso de retornar à superfície. Conforme você conhece a tribo, aprende sobre uma antiga profecia, que menciona um salvador enviado para tirá-los de seu tormento. A partir da tribo, descobre as principais áreas do jogo e o objetivo principal do mesmo.

Os Wozan são uma parte grande do jogo, uma vez que você tem a opção de resgatá-los usando tesouros antigos que você encontra por aí. Desta forma, é possível salvar até 80 deles. Mas atenção: cada vez que você escolhe salvá-los, o jogo se torna mais difícil, uma vez que o recurso usado para isso é o mesmo que te dá uma vantagem em momentos difíceis.

Imagem do jogo OUTBUDDIES
Conhecendo a tribo dos Wozan.

Cada tesouro antigo que você usa para salvar os Wozan pode ser usado também para conseguir uma vida extra, através de um NPC chamado Soul Eater, que por um tesouro antigo te dá a possibilidade de não morrer quando a sua vida zera. Quanto às punições para morte, o jogo é bem gentil e te coloca no início da sala toda vez que você morrer.

Um metroidvania submarino

O jogo começa introduzindo suas mecânicas básicas através de dicas em 8-bit no fundo da tela, tornando-as difíceis de entender em alguns momentos. Adquirindo sua arma principal (um canhão) logo no começo, em pouco tempo você descobre que ele atira apenas em duas direções, diagonal e horizontal. Tal simplicidade torna difícil acertar alguns inimigos, complicando a vida do jogador.

Não obstante, em vários momentos é necessário que o jogador complete sessões de plataforma rapidamente. Nestes momentos, outro ponto negativo do jogo fica evidente: as caixas de colisão de várias entidades e plataformas do jogo nem sempre são justas. Com frequência você cairá de uma plataforma mesmo que o personagem não tenha saído dela e errará tiros que supostamente acertariam.

Imagem do jogo OUTBUDDIES
O visual 8-bit possui poucas cores, mas são vibrantes.

Chefes memoráveis

Durante a campanha você enfrentará vários chefes, cada um com mecânicas diferentes. Para vencê-los, é necessário fazer uso da variedade de armas coletadas durante o jogo, bem como ser veloz e memorizar seus ciclos para desviar dos ataques.

A dificuldade dos chefes torna cada um deles uma experiência marcante e, após uma vitória, a sensação de superação é muito gratificante. Fora os chefes há uma boa variedade de inimigos, o suficiente para não entediar o jogador durante sua longa duração (20 horas, em média).

Imagem do jogo OUTBUDDIES
Boluc, um dos chefes em OUTBUDDIES.

Embora o gameplay seja propositalmente limitado, OUTBUDDIES é um metroidvania clássico que oferece uma experiência de jogo satisfatória. Os chefes e as partes de plataforma são excelentes, difíceis e recompensadores ao mesmo tempo, mesmo que nem sempre justas.

Com alguns bugs menores e algumas mecânicas chatas, o jogo pode se tornar maçante em certos momentos. Entretanto, a pegada do gameplay e o visual retrô compensam grande parte das falhas. OUTBUDDIES é imperdível para os fãs do gênero, sendo uma ótima escolha para uma jogatina bem animada e acelerada.

78 %


Prós:

🔺 Variedade de armas
🔺 Ótimas sessões de plataforma
🔺 Muitos inimigos diferentes
🔺 Chefes memoráveis

Contras:

🔻Trilha sonora enjoativa
🔻Bugs e erros ainda existentes
🔻As caixas de colisão nem sempre batem com a realidade

Ficha Técnica:

Lançamento: 15/10/19
Desenvolvedora: Clickteam, Julian Laufer
Distribuidora: Headup Games
Plataformas: PS4, Xbox One, PC, Switch
Testado no: PC

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024