Skip to main content

Quando Cristovão Colombo saiu da Espanha, no dia 3 de agosto de 1492, ele não sabia o que iria encontrar em sua jornada pelo oceano. Convicto que a terra tinha formato esférico, navegou durante dois meses até chegar em uma ilha denominada San Salvador, onde hoje se encontra o país das Bahamas. Mas o que isso tem a ver com Here Be Dragons? A resposta é simples: a história de Cristovão Colombo é contada de uma forma bem diferente por aqui.

Em um universo paralelo, os oceanos são infestados de criaturas místicas, muitas delas bastante populares no imaginário popular. Baleias gigantes, tritões e sereias ameaçam a vida de quem se aventura nessas águas turbulentas. Em um ambiente tão hostil, a possibilidade de grandes navegações é nula, pois ninguém é burro destemido o suficiente para enfrentar inimigos tão poderosos. Em Here Be Dragons, caberá a você comandar frotas contratadas para limpar as ameaças do mares e, quem sabe, abrir a possibilidade de descobertas além do continente europeu.

Zur Incognita Terra Oceanus

A introdução de Here Be Dragons já dá uma noção do que é a sua história: limpe o oceano das ameaças místicas e veja a história acontecer. Mas como fazer isso? Utilizando a força bruta através de navios de guerra, claro! Diferentes missões estarão disponíveis durante o jogo, onde cada frota comandada terá características e habilidades diferentes.

A dinâmica de Here Be Dragons poderá causar um estranhamento inicial, pois as campanhas contidas lembram o modelo clássico de jogos mobile. Escolha uma das campanhas disponíveis no mapa-múndi e participe de um número de combates pré-determinado. Só existirá uma maneira na qual a missão poderá terminar, já que a linearidade é um fator importante para que a história flua.

Imagem do jogo Here Be Dragons
Silence and distance, until our faults are repaired…

Com problemas relativos ao alto número de criaturas no mar, um governante decide patrocinar expedições para exterminar os perigos do oceano. É importante frisar que a história não possui um personagem principal, pois ela foca nos capitães contratados, sendo os mesmos substituídos a cada campanha. A falta de personagem principal não significa a falta de personagens marcantes, já que eles são, ou tentam ser, bem caricatos e simpáticos.

A história, apesar de bem simples e mirabolante, depende muito do carisma das pessoas do jogo para se manter. Cada capitão terá uma peculiaridade diferente, algumas chegando até a interferir no gameplay. Por exemplo, existem capitães extremamente religiosos, onde as habilidades deles serão referentes à sua fé praticada.

Imagem do jogo Here Be Dragons
Quem nunca cantou Sweet Child O’Mine errado que atire a primeira pedra! (Não atirem, por favor)

Alea jacta est

O gameplay de Here Be Dragons é bem simples, mas contém algumas sacadas interessantes. A sua frota se encontrará com o inimigo, porém as circunstâncias da batalha poderão mudar de acordo com o cenário. Dados serão lançados ao início de cada turno, onde os mesmos deverão ser colocados em cada unidade do mapa. Haverá um dado para cada unidade presente no campo de batalha, e as numerações que cada embarcação e criatura aceitam serão diferentes de acordo com o seu tipo.

Alguns monstros só aceitam números bem específicos em suas habilidades, enquanto outros são bem mais flexíveis à sorte dos dados. Por exemplo, uma habilidade que possui o valor 1-2 só aceitará dados de valor 1 ou 2, qualquer outro valor acima disso não poderá ser usado. E o que acontece quando não for possível adicionar nada? Todos que estão lutando do mesmo lado de uma unidade sem dado receberão 1 de dano por dado não utilizado.

Imagem do jogo Here Be Dragons
A mecânica de batalha é fácil e desafiadora ao mesmo tempo.

Passada essa fase, o jogador com menor valor de iniciativa começará atacando. A iniciativa é simplesmente a soma do valor dos dados atrelados de cada lado. Uma balança no canto inferior esquerdo avisa quando esse valor está maior ou menor que o do adversário. A primeira fase de ataque é a de salvas, fase essa que contém mais uma premissa extremamente simples: O valor de ataque do agressor menos o valor de defesa do agredido determinará o dano causado.

Após as unidades se atirarem, a fase de ação acontece. Por aqui, os dados atrelados às habilidades serão utilizados. Algumas delas precisarão de mais de um dado para funcionar, enquanto outras serão mais simples. O jogo oferece uma infinidade de habilidades diferentes, tanto para os seus aliados quanto para os seus inimigos. Não subestime a simplicidade do jogo, pois o fator estratégia será muito necessário na hora de tomar decisões. Passada essa fase, você voltará a lançar os dados e o ciclo começará novamente.

Imagem do jogo Here Be Dragons
A fase de ação irá utilizar as habilidades de cada unidade presente na batalha.

Carolina IV took a river to the sky

Os elementos de RPG foram pouco aproveitados em Here Be Dragons. Ao final de cada cenário, o jogador poderá aumentar alguma habilidade de seu navio, escolhendo geralmente entre ataque, defesa ou vida. Contudo, essa melhoria dura apenas até o final da camapanha, já que ao final da mesma você provavelmente jogará com outro capitão.

Além dos pontos de habilidade, existem garrafas espalhadas na batalha que poderão conceder algumas vantagens. Juntando uma quantidade determinada das mesmas, será possível realizar ações que vão desde curar uma unidade aliada até aumentar ou diminuir o valor de um dado. Durante o meu jogo, essas garrafas salvaram a minha vida inúmeras vezes, então preste bastante atenção quando elas aparecerem no mapa!

Imagem do jogo Here Be Dragons
O jogo é bastante linear e o fator de rejogabilidade é baixíssimo.

A dificuldade aqui é bem elevada, sendo necessário rejogar alguns cenários várias vezes para se passar de fase. Parte dessa dificuldade é fruto da abordagem estratégica bem diferente do jogo, enquanto a outra parte será apenas consequência da sua falta de sorte. Sacrificar dados, pegar uma habilidade mais fraca e gastar ataques mais fortes do que o necessário, essas decisões serão viáveis e passarão pela sua cabeça em algum momento.

Here Be Dragons é um jogo que possui uma abordagem muito interessante nos elementos táticos, além de uma história marcada por personagens caricatos. Talvez o humor contido no jogo as vezes beire o limite da vergonha alheia, mas no geral é uma experiência bastante divertida. Infelizmente, o jogo não explora o gênero de RPG, muito disso devido à natureza da sua história. A desenvolvedora apostou todas as suas fichas em criar uma dinâmica de combate simples, desafiadora e envolvente, mas esqueceu de todo o resto.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024