Skip to main content

Categoria de maior prestígio do automobilismo, a Fórmula 1 é uma velha conhecida dos brasileiros. Quem for um pouco mais velho deve se lembrar de acordar cedo no domingo de manhã para assistir Ayrton Senna, Nelson Piquet, Rubens Barrichello e outros pilotos representando nosso país nos autódromos. Entretanto, os tempos recentes não foram bons para os pilotos nacionais, e o Brasil, no momento que esse review está sendo escrito, conta com um total de 0 pilotos titulares. Os tempos atuais também serviram para uma renovação do marketing da Fórmula 1. Agora, para popularizar a categoria, os novos dirigentes apostam em séries em serviços de streaming, conteúdos no YouTube, a possibilidade de assistir corridas pela F1TV e – na parte que nos interessa – o desenvolvimento de jogos licenciados. 

F1 Manager 2022 é uma grata surpresa no que se refere ao mundo dos jogos de corrida. Aqui, em vez de controlar diretamente um piloto, tal qual os jogos da Codemaster e os antigos jogos da Electronic Arts permitem, você ocupará a posição de estrategista e diretor de uma equipe, decidindo onde alocar os recursos e, durante a corrida, qual a melhor tática para obter o melhor dos carros. Evidentemente, tal proposta não é nova, visto que jogos como Grand Prix Manager e, mais recentemente, Motorsport Manager já se aventuraram nesse meio, mas nenhum dos jogos já feitos possuía a licença oficial da maior categoria do mundo – e muito menos a quantidade de recursos que a Frontier Developments alocou para tal produto. Juntando a parceria oficial da FIA com experiência de uma das maiores empresas especializadas no gênero de estratégia, o que será que F1 Manager 2022 reserva ao jogador?

As duas faces do licenciamento

Para efeitos de comparação, frequentemente colocarei o F1 Manager 2022 e o Motorsport Manager lado a lado, visto que ambos são os maiores jogos de gerenciamento de automobilismo. Como dito anteriormente, a primeira diferença gritante entre ambos está no licenciamento. Enquanto em Motorsport Manager o jogador que deseja ter os pilotos e as equipes reais das divisões da FIA deve apelar para os mods, em F1 Manager 2022 tudo o que você espera da maior categoria do mundo está lá de forma nativa.

À primeira vista, o licenciamento parece ser uma vantagem em relação à concorrência, mas, na prática, há outros elementos a serem considerados. Por mais que seja legal ver as equipes, engenheiros e pilotos reais dentro do game – inclusive com as falas de rádio dos mesmos durante as corridas –, essas vantagens, no decorrer do tempo, deixam de ser novidades para se tornarem limitações. Ao contrário da Fórmula 1 real, as equipes não mudam, o design dos carros se mantém estável por todas as temporadas e os circuitos são os mesmos durante todas as temporadas, sem mudança de traçado.

F1 Manager
Nada melhor do que ir de carona com um bicampeão mundial!

Pensando em uma campanha longa, é maçante ver que tudo, com exceção dos pilotos e de algumas regras, se mantém igual. Motorsport Manager permitia a mudança visual de patrocínios, design dos carros e até a criação de equipes novas justamente pela falta de licença e pela facilidade de criar mods, algo que F1 Manager 2022, no presente momento, não conta. 

As outras categorias de automobilismo são representadas apenas pelos pilotos, não sendo possível começar, por exemplo, na Fórmula 2 para depois chegar à Fórmula 1. Pode-se argumentar que tal mecânica é fiel à realidade, visto que equipes de categorias inferiores, ao contrário do que acontece no Motorsport Manager, não chegam à Fórmula 1 para disputar um campeonato. Comparando com o futebol, as mesmas funcionam como categorias de base. Entretanto, creio que a possibilidade de jogar uma temporada em alguma equipe menor e, dependendo do resultado, ser promovido para gerenciar uma das equipes de Fórmula 1 seja uma ideia interessante.

Gráficos e prioridades

Passando toda a questão de licenciamento, outro fator que chama a atenção em F1 Manager 2022 é a parte gráfica. O gênero de gerenciamento costuma dar menos atenção à parte gráfica a fim de privilegiar a jogabilidade, mas F1 Manager 2022 é um ponto fora da curva. Os gráficos fornecidos pela Frontier Developments não ficam atrás dos títulos de corrida da Codemaster.

Há, porém, uma questão relativa à representação gráfica. Jogos como Football Manager e o próprio Motorsport Manager também possuem um modo de representação gráfica 3D, porém tal modo não é análogo ao que acontece dentro do jogo. Um exemplo disso são as jogadas bizarras dentro da engine do Football Manager que frequentemente são postadas no YouTube em forma de meme, onde um jogador faz alguma jogada ridícula que dificilmente aconteceria na vida real. O mesmo efeito ocorre em F1 Manager 2022.

Por vezes, seus pilotos vão se meter em acidentes que, pela representação visual, nem mesmo o saudoso Pastor Maldonado conseguiria proporcionar. Rodadas sem motivo aparente e carros indo direto no muro sem frear provavelmente serão uma constante em seu jogo. Como dito anteriormente, esses “bugs” aparentes são fruto da representação 3D não ser fiel ao que acontece realmente no jogo, mas há horas que alguns eventos inexplicáveis ocorrem onde você duvida da capacidade de simulação do jogo.

F1 Manager
Quando um carro se aproxima você não sabe se o jogo vai dar um jeito de te prejudicar ou não

Dando um exemplo prático, há vezes que, ao tentar ultrapassar um carro, seu piloto irá frear bruscamente sem motivo algum, perdendo valiosos centésimos e minando as chances de obter uma posição melhor. A frustração é inevitável quando isso acontece. Claro que jogos que simulam algum esporte buscam também simular a falha humana, mas casos como esse, apesar da explicação sobre a representação 3D, prejudicam a experiência do jogador.

Complexidade vs Acessibilidade

Jogos de gerenciamento costumam oferecer diversas ferramentas que permitem controlar inúmeros aspectos dentro do ambiente a ser gerenciado. Contudo, por mais que a ideia de assumir o controle geral seja interessante, quanto maior a profundidade atendida maior a complexidade do jogo, o que acaba por demandar um tempo maior de aprendizado e, consequentemente, afastar os mais afobados ou os que não dispõem de tanto tempo para compreender as mecânicas. F1 Manager 2022, por ser um jogo licenciado e produzido por uma grande desenvolvedora, tem a missão de atender um público que vai além do nicho de gerenciamento. 

A progressão em F1 Manager 2022 busca simular o ambiente real da Fórmula 1. Ao decorrer da temporada, as equipes gastam rios de dinheiro no desenvolvimento de peças a fim de ganhar alguns milésimos de diferença em relação aos concorrentes. Dentro do jogo, novas peças podem ser desenvolvidas a fim de simular o mesmo efeito, onde um menu mostrará quais serão as vantagens da mesma em relação às peças atuais. O jogador poderá controlar desde aspectos técnicos, que interferem nos ganhos em características específicas, quanto os aspectos relativos ao tempo de fabricação, incluindo o número de engenheiros alocados.

F1 Manager
Calma que nada disso é ciência aeroespacial (ou talvez seja)

F1 Manager 2022 possui uma abordagem mais realista no quesito de desenvolvimento de peças, enquanto Motorsport Manager apostava em uma abordagem mais arcade. Aqui, não é possível criar peças ilegais ou evoluir as peças existentes entre os diversos níveis de raridade, mas, em compensação, é possível ter uma noção melhor e mais realista do que irá mudar na pista com a instalação do material desenvolvido internamente.

O circo da Fórmula 1

O grande espetáculo da Fórmula 1 é o Grand Prix. É claro que, para ter um bom desempenho nas corridas, todas as partes citadas anteriormente de gerenciamento e desenvolvimento são necessárias – tanto que F1 Manager 2022 aborda tais partes com um detalhe especial digno do gênero –, mas o que cativa os jogadores é o dia da corrida.

Como esperado pela proposta do jogo, F1 Manager 2022 não te coloca para pilotar o carro, mas lhe dá ferramentas que permitem controlar indiretamente o desempenho do piloto. No dia do Grand Prix, você assume o papel de engenheiro e estrategista, deixando toda a parte técnica nas mãos daqueles que estão entre o volante e o assento. Pode ser frustrante não assumir o controle e ultrapassar aquele carro que está na sua frente há mais de 10 voltas, mas boa parte da diversão está em compreender como os fatores externos influenciam no resultado final.

F1 Manager
O visual das pistas está impecável

Simulando o trabalho do engenheiro, as opções disponíveis para você são imensas. Você pode mandar seu piloto pisar fundo, melhorando o tempo total das voltas e disparando na corrida, ou pode pedir para que o piloto adote um estilo de pilotagem mais conservador, economizando pneu e evitando uma parada extra no pit-stop. Você pode aumentar a potência do motor, melhorando, sobretudo, o desempenho nas retas ao custo de utilizar mais combustível, ou pode ordenar que o piloto reduza o modo do motor, economizando combustível para os momentos cruciais da corrida. As opções são diversas e você terá que mudá-las em vários pontos da corrida.

Até aqui, quem já jogou Motorsport Manager provavelmente está familiarizado com tudo o que foi dito. De fato, as mecânicas são similares nos dois jogos. Todavia, Motorsport Manager traz algumas mudanças em relação à regulação, onde, no decorrer das temporadas, o campeonato pode mudar para incluir o reabastecimento. F1 Manager 2022, apesar de também trazer as mudanças de regulamento, não permite a volta do reabastecimento, o que adicionaria uma camada extra à complexidade do jogo.

F1 Manager
Ficar de olho na bateria é essencial

Algo diferente, porém, é a questão do ERS. Na Fórmula 1, o ERS é um sistema que recupera parte da energia através da frenagem, onde tal energia pode ser utilizada a fim de tornar o carro mais rápido. Esse sistema de bateria também está contido em Motorsport Manager, mas com um funcionamento muito diferente. Em F1 Manager 2022, há uma quantidade limitada de energia que pode ser armazenada e utilizada por volta. A energia que pode ser utilizada é o dobro da que pode ser armazenada, então os pilotos podem, em certos momentos da corrida, optar por utilizar menos o recurso a fim de gastá-lo de forma mais eficiente em outras voltas. Essa decisão de armazenamento e gasto é controlada por você, e saber quando utilizá-la é uma parte que pode vencer ou perder corridas.

Considerações finais

F1 Manager 2022 é a estreia de uma gigante do desenvolvimento de jogos de gerenciamento em um jogo licenciado pela própria Fórmula 1. Pela quantidade de recursos, a qualidade gráfica é incomparável a qualquer título similar. Ver um nível de detalhe tão grande em um gênero de nicho é algo incomum, mas muito bem vindo.

No entanto, a parte gráfica esconde algumas falhas técnicas. Nem mesmo a Frontier Developments foi capaz de criar um modelo de representação 3D que mostra o que de fato acontece dentro da pista, onde muitas vezes algumas decisões incompreensíveis por parte dos pilotos acabam estressando o jogador. Excluindo a representação, apenas a mecânica de consumo de bateria é uma inovação significativa em relação aos outros títulos similares.

F1 Manager
Uma imagem capaz de fazer qualquer ferrarista chorar

A aparente complexidade na progressão pode assustar o jogador que não está acostumado com o gênero, mas F1 Manager 2022 faz um bom trabalho em explicar como cada variável impacta no desempenho geral do carro. Em pouco tempo, o jogador fica familiarizado com o modelo de criação de peças e sobre o que cada carro precisa para cada momento.

Em suma, por mais que F1 Manager 2022 impressione em um primeiro momento, aos poucos as novidades apresentadas se tornam insuficientes para manter o jogador entretido. No longo prazo, poucas coisas tornam a experiência de criar uma carreira longa algo recompensador. Esse é o primeiro título licenciado de um gênero que, nas mãos corretas, mostrou ter um grande potencial de crescimento, mas ainda não conseguiu unir as inovações de jogabilidade de títulos menores com o poderio gráfico proporcionado pela Frontier Developments.

Review – Another Crab’s Treasure

Renato Moura Jr.Renato Moura Jr.24/04/2024
Stellar Blade

Review – Stellar Blade

Diego CorumbaDiego Corumba24/04/2024