Skip to main content

A Capcom em Março de 1996 chocou o mundo com o primeiro jogo da série Resident Evil, algo que seguiu ocorrendo nos anos seguintes, até que em 2000 a empresa deu o primeiro passo rumo a uma nova ideia. Infelizmente a série spin-off de Resident Evil, Dino Crisis, acabou sendo esquecida e virou um fóssil, mas com a tecnologia atual, parece estar respirando novamente de alguma maneira com Exoprimal.

Com os primeiros trailers, muitos até acreditaram que teríamos a volta da franquia, afinal uma das tripulantes da equipe do jogador é extremamente semelhante a Regina de Dino Crisis. Exoprimal no entanto subverte o que se esperava e traz uma mistura de Overwatch e The Division, com o jogo sendo em terceira pessoa, uma diversão estupida capaz de manter o jogador preso sempre querendo mais da diversão proporcionada pelos desafios de Leviatã.

A caçada começa

Em Exoprimal, o jogador deve primeiro criar seu avatar, uma representação sua dentro do universo do jogo chamada de Ace, independente do sexo. Após passar por um breve tutorial, uma cutscene mostra que ele faz parte da equipe Hammerheads, um grupo de patrulha da Aibius Corporation, que durante um vôo de reconhecimento pela ilha de Bikitoa, acaba sendo puxado por um vórtice.

Ace acaba se lançando do avião com o exotraje – Poderosas armaduras de combate. – do avião para aliviar o peso e acaba chegando a antiga sede da Aibius no local. Sendo puxado para três anos no passado, Ace encontra outro usuário de exotraje, chamado Magnum, que nos ajuda a sobreviver a um primeiro Jogo de Guerra criado pela I.A sádica chamada Leviatã.

Ao voltar desta viagem temporal, Magnum explica que Leviatã tem usado a ilha de Bikitoa em diferentes linhas temporais e dimensões para criar Jogos de Guerra entre infinitos usuários de exotrajes. Ou seja, infinitas batalhas no ano de 2040 contra uma onda infinita de dinossauros que atravessam o espaço tempo apenas para matar.

Exoprimal
Nem mesmo uma armadura futurística resiste a fúria jurássica

Mas será mesmo Leviatã o verdadeiro culpado por tudo que ocorreu? Segredos se fossilizaram na escuridão das lembranças perdidas daqueles que morreram durante a destruição de ilha de Bikitoa pela invasão dos primeiros dinossauros. Agora com a capacidade de voltar no tempo para satisfazer Leviatã, resta aos jogadores desvendarem os segredos escondidos na ilha de Bikitoa e do passado de Aibius.

Matando dinossauros em varias cores e modelos

A grande sacada de Exoprimal é contar sua história independente do modo jogado ou resultado, mas sempre após o jogador completar uma partida, um pedaço a mais da história é disponibilizado. Seja através de diálogos, documentos, áudios ou cutscenes, a história sempre avança um pouco mais após cada partida.

Especialmente em partidas especiais, como quando o time do jogador e o time inimigo se unem para lutar contra um Neossauro invocado por Durban, um piloto renegado de exotraje. Essas partidas contra chefes geralmente possuem um tempo limite, o que deixa a competição ainda mais divertida e emocionante.

Exoprimal
Se adapte as batalhas trocando de exotrajes durante os momentos de calma

E o que me deixou mais intrigado é que o próprio jogo termina com um excelente gancho para a continuação da narrativa nas próximas temporadas, ou seja, ainda há muito a se descobrir no mundo de Exoprimal e dinos a se matar. Uma das grandes novidades da metade desta primeira temporada é a chegada do modelo alfa dos exotrajes.

Exotrajes estes que são divididos em três categorias, ofensivos, tanques e suporte. Cada qual desempenhando uma função para um bom funcionamento do time em busca da vitória nos Jogos de Guerra de Leviatã, onde duas equipes, cada uma com cinco pilotos de exotraje se enfrenta, completando objetivos e matando dinossauros.

O que vestir, o que usar?

Entre os exotrajes ofensivos temos Fuzileiro com seu rifle, Zéfiro usando tonfas energizadas, Bombardeiro com lança granadas e Vigilante com sua sniper. Os tanques são Muralha com um enorme escudo, Krieger com uma minigun e Murasame com sua lâmina gigante, que usa para cortar os dinossauros.

Exoprimal
Sim, isso mesmo que você leu, eu comecei a farra!

Na categoria de suporte temos Curandeiro e seu cajado elétrico, Bruma que parece uma bruxa, sempre planando e atrapalhando o movimento dos oponentes e curando os aliados e por fim Nimbus, que pode trocar entre suas armas de fogo, por armas de cura para auxiliar seus aliados.

Cada exotraje possui um ataque primário, um ataque secundário, duas habilidades especiais e por final uma habilidade suprema. Muralha por exemplo, ataca com seus punhos enormes no ataque primário, no secundário abre seu escudo, sua primeira habilidade usa os propulsores do escudo para atacar, com a segunda recebe uma explosão curta de movimento e em sua habilidade suprema cria um tufão ao rodar com os braços abertos.

Com a chegada dos modelos alfa no entanto o jogo que conta com dez exotrajes irá praticamente multiplicar, já que o gameplay dos exotrajes alfa parece ser completamente diferente dos trajes comuns, trazendo até mesmo novas armas. Ou seja mesmo em sua primeira temporada, o jogo ainda tem muito a mostrar!

Exoprimal
Toda classe tem sua importância e até mesmo suportes podem ser os MVPs da rodada

Jogos dentro de um jogo

Outra grande atração de Exoprimal são seus jogos de guerra, onde Leviatã coloca os diferentes jogadores em combates por áreas da ilha de Bikitoa. Cada sessão de jogos de guerra possui uma barra superior que marca o progresso das equipes com a equipe do jogador sempre representada pelo cristal azul da esquerda, enquanto a inimiga, pelo vermelho a direita.

Os cristais avançam de acordo com os objetivos completados, sempre que se termina um objetivo o cristal move uma casa. Ao terminar o percurso todo os jogadores são levados a fase final, onde irão se enfrentar cara a cara em missões que vão desde derrotar uma quantidade “x” de dinossauros em diferentes setores, transporte de carga de dados, controle de bases ou demolição de núcleos com o Martelo implemento.

A única onde não há confronto direto entre jogadores é a de combate contra hordas de dinossauros no entanto, mas em compensação, ambas as equipes ganham acesso a um Dominador durante o trajeto de acordo com a vontade de Leviatã. Cada exotraje pode receber um Implemento diferente, ferramentas e armas que podem ser usadas depois de um tempo pelo jogador, sendo elas armas, pacotes de cura, escudos ou catapultas.

Exoprimal
Esta luta foi muito épica e divertida

Com o Dominador que como o martelo é um item de nível, um jogador pode tomar controle de um dinossauro e ir atacar a equipe inimiga, com cada equipe tendo sempre um garantido em todas partidas. Agora caso uma equipe esteja com muita vantagem em ciam da outra, mesmo que nos primeiros estágios, Leviatã sempre irá enviar um dinossauro Dominador para a equipe que estiver mais atrasada.

Jurassic Park 2077

Já sabem como funcionam os trajes, os jogos mas a pergunta que fica é, mas e os dinossauros? Quais são os dinos que irei enfrentar e quais dinossauros eu poder me transformar quando usar um Dominador em Exoprimal? Bom para os fãs dos lagartos gigantes, podem acreditar que a variedade aqui é enorme.

A lista é grande em Exoprimal e traz espécies como Deinônico, Bariônix, Pteradontes, Raptors, Anquilossauros, Triceratops, Carnotauros e claro, os Tiranossauros! Com os Dominadores geralmente rotacionando entre Triceratops, Carnotauros e Tiranossauros, para poder atrapalhar legal a outra equipe.

Exoprimal
O modo história completo leva em torno de 15 horas para ser completado

Como nos exotrajes, os Dominadores também possuem ataques normais e secundários, além de uma habilidade especial. Essa habilidade varia, mas um exemplo é a do Tiranossauro, capaz de destruir um exotraje inteiro em um ataque só, onde pega o oponente pela boca e o tritura, mas cuidado, pois o Tiranossauro controlado pela máquina também pode!

Por último há os Neossauros, que são versões corrompidas dos dinossauros após atravessarem a barreira espaço-temporal criada por Leviatã. Ganhando poderes e efeitos especiais, estes Neossauros são um dos maiores desafios do jogo, com o Neotiranossauro sendo um desafio grande o suficiente para unir ambas as equipes em uma bossfight.

Solto no mundo, ou de volta ao ambar?

Por mais que eu tenha adorado me perder em Exoprimal, admito que pelo fato de ser um jogo que depende de time para ser jogado, é preciso esperar que a CAPCOM saiba cativar a base de jogadores a continuar no jogo, o que é uma faca de dois gumes. Por um lado, Exoprimal é divertido para caramba, um jogo onde você precisa planejar como abordar o outro time, mas também pode só desligar o cérebro e matar os dinos.

Exoprimal
Muito massa o Huey Emmerich e Regina bootleg se dando bem

Por outro no entanto é um jogo de live-service e o simples fato de trazer um passe de batalha, pode fazer algumas pessoas se desinteressar. Afinal o jogo custa R$ 250,00 em sua versão base e R$ 299,00 caso o jogador queira já ter todos os exotrajes liberados logo de inicio e o primeiro Passe de Batalha garantido.

É possível no entanto ganhar várias das skins de cores alternativas e modelos diferentes não presentes no passes e DLCs através de lootboxes ganhas após subir alguns níveis. São apenas adereços estéticos as skins e stickers, com o que muda realmente o jogo sendo como o jogador domina o traje, quais módulos de traje evolui e equipa, além de coordenar as armas e barreiras derrubadas por dinossauros especiais.

Acredito que um preço mais amigável seria uma jogada mais inteligente da CAPCOM neste começo no Playstation e PC, uma vez que o jogo está disponível no Gamepass do Xbox. Falando nestas três distintas plataformas, aqui vem o maior problema de Exoprimal pelo menos até o momento, se anunciar crossplay, permitir jogos entre as plataformas, mas não dar suporte a grupos com jogadores de plataformas diferentes.

Exoprimal
Exoprimal tem um dos lootboxes mais generosos que vi em live service

No geral Exoprimal é um bom jogo, um jogo melhor e mais divertido que Overwatch 2 prometeu ser e traz algumas ideias dele, mas ainda há alguns pontos a serem acertados, ainda assim é uma experiência divertida, com uma história que tem muito a revelar, tal qual como os fósseis antigos.

Imagem de Zet Zillions

Review – Zet Zillions

Marco AntônioMarco Antônio23/05/2024
Terra Memoria

Review – Terra Memoria

Vinícios DuarteVinícios Duarte21/05/2024