Skip to main content

Quer se sentir como Christopher Lee quando protagonizou o vilão Francisco Scaramanga em 007 contra o Homem com a Pistola de Ouro (The Man with the Golden Gun)? Ele se escondia em uma ilha tão paradisíaca quanto as que você escolherá nesse incrível, sarcástico e cômico jogo. Evil Genius 2: World Domination coloca você para dominar o mundo enquanto solta aquela gargalhada maligna.

Confesso que fazia muito tempo que não jogava um game de estratégia no PC. O novo jogo da Rebellion me fez recuperar o gosto pelo gênero, trazendo uma experiência bem divertida, gameplay diferenciado e muito, mas muito humor para você aproveitar bem o tempo investido em sua dominação mundial.

Que jogo bonito!

Esta continução deu um salto grande na qualidade gráfica e em sua estrutura, mantendo algumas características de sua primeira versão. Evil Genius 2 traz belos gráficos no estilo cartoon e uma mecânica satisfatória. Porém, não é um simples jogo de estratégia: ele despertará suas habilidades criativas e racionais.

Você explorará oportunidades e recursos a disposição para criar o seu império malignamente do mal.  Mas não se deixe enganar pelo seu estilo caricato e humorado. Alguns detalhes são levados bem a sério, para que você tenha uma boa experiência.

Imagem do jogo Evil Genius 2
Lar, doce covil.

Adequado para cada estilo

O jogo oferece boas opções de otimização gráfica, mas nada que vá fazer muita diferença. Afinal, o “modus operandi” permanece o mesmo e o jogo roda super bem sem exigir muito do PC. Pra começar a campanha, você pode criar uma nova partida ou iniciar uma partida rápida. Há também o modo sandbox, sendo que algumas funções da campanha estão desabilitadas.

Os quatro vilões de Evil Genius 2 têm suas próprias características e habilidades. O megalomaníaco podre de rico Maximilian tem a habilidade de colocar seus incompetentes minions pra trabalhar e treinar mais rápido. O musculoso e maluco Red Ivan, por sua vez, tem a habilidade de turbinar o modo de combate dos minions. A querida mentora científica Zalika repara todos os itens e extingue o fogo imediatamente, além de dar um impulso extra para os seus cientistas subordinados. E a ex-espiã mestra que se tornou especialista em veneno, Emma, aumenta o poder de localização de qualquer operário e reforça seus capangas reiniciando seus tempos de espera dando-lhes uma vantagem extra.

Imagem do jogo Evil Genius 2
Dominar o mundo é moleza.

A preparação é muito importante quando você organiza o seu covil. É necessário prestar a atenção em detalhes de todas as informações disponíveis, pois essa ação garantirá com que você tenha a possibilidade de colocar em prática as estratégias que escolheu. Outro fator importante em Evil Genius 2 é considerar a disposição de cada ambiente que você constrói, o que determinará o quão vulnerável estará para os ataques das forças da justiça.

Considere também os equipamentos que são fundamentais para sustentar a construção do seu legado maligno. Mantenha o seu casino funcionando lindamente como pano de cortina, para que sua operação no mundo criminal de Evil Genius 2 seja um sucesso!

Imagem do jogo Evil Genius 2
Animando a galera e distraindo os espiões.

Dormiu, já viu

Um exemplo que aconteceu comigo: por eu não tomar algumas precauções na preparação da segurança do covil, fui despercebidamente atacado pelas forças da justiça sem que eu identificasse o que estava acontecendo. Quando notei, a minha secretária já estava falando: “chefe, chefe, está pegando fogo em tudo!” Pois é, o camarão que dorme a onda leva. Em um instante, de uma hora para outra, começou a pegar fogo em vários equipamentos e eu não sabia o que estava acontecendo.

Foi então que vi um “cidadão” um tanto suspeito andando devagar e jogando bombas nos setores do covil. Nem percebi que era necessário disponibilizar os extintores nos corredores. Conseguir dar um fim no sujeito depois de ter ido para o “saco” (dentro do saco, literalmente) duas vezes. É por isso que você tem que ficar esperto, pois os espiões ultra profissionais entram pela porta da frente e não avisam quando vão chegar e o que vão fazer.

Imagem do jogo Evil Genius 2
Encontrei o cabra safado!

Uma ação de cada vez

Considero que a mecânica do jogo poderia ser melhor. Você não tem a possibilidade de executar ações em massa com os minions e quando realoca os equipamentos, transformando a experiência tediosa. Você terá que perder tempo fazendo uma ação por vez, ao invés de defender o seu covil ou ganhar mais grana para continuar crescendo o seu legado.

É importante salientar o fraco tutorial, que começa bem e não te avisa quando termina. Você ficará perdido, tendo que adivinhar o que fazer a seguir. Outro detalhe que falta polimento é a pesquisa de “esquemas’ no mapa-múndi. Novamente você perderá tempo procurando onde estão os melhores esquemas, ao invés de fazer outra coisa mais importante na correria do tempo.

Evil Genius 2: World Domination não é pra qualquer um, especialmente por não ser tão claro no tutorial e durante a jogatina. Certas coisas você aprende na tentativa e erro mesmo. No geral, dá para aproveitar um bocado sem ver as horas passar, além de rir muito no processo.

Review – Fallout: 1ª Temporada

Renato Moura Jr.Renato Moura Jr.15/04/2024
Harold Halibut

Review – Harold Halibut

Carlos AquinoCarlos Aquino15/04/2024