Skip to main content

Pode não parecer, mas o combustível que movimenta toda uma frota ao redor do mundo é fruto de um imenso esforço e um enorme processo logístico. Estima-se que 93 milhões de barris de petróleo sejam produzidos diariamente no mundo, tornando este um processo vital para o homem moderno. Em Drill Deal – Oil Tycoon a extração de petróleo é representada de modo a ressaltar os desafios enfrentados em uma plataforma em alto mar, que incluem a natureza, piratas e, é claro, todo o custo operacional.

Apesar de ter uma aparência simples, Drill Deal – Oil Tycoon não é um jogo fácil. A sua premissa inclui mecânicas de maximização de lucro e produtividade – algo que demora um tempo até o jogador ter o domínio. Entre os perigos do alto mar e uma demanda cada vez crescente de petróleo, caberá a você decidir qual a melhor abordagem para obter o máximo de eficiência sem quebrar financeiramente. 

https://www.youtube.com/watch?v=dupFcKszSAU

A vida em uma plataforma petrolífera

Logo de início, percebe-se como a vida daqueles que trabalham em alto mar, extraindo petróleo, pode não ser nada fácil. Isolados em uma ilha artificial, os trabalhadores passam dias isolados cumprindo suas funções na plataforma. Drill Deal – Oil Tycoon busca simular esse processo de forma realista. 

Primeiramente, cada função realizada na plataforma pode ser feita em dois turnos: diurno e noturno. Obviamente, os funcionários não são de ferro, e possuem três necessidades básicas que devem ser supridas a fim de mantê-los motivados a trabalhar. Talvez reduzir necessidades a apenas três fatores seja um tanto quanto minimalista, mas, no contexto do jogo, mais do que isso seria uma tremenda dor de cabeça.

Cuidado com as necessidades dos funcionários!

Edifícios de entretenimento, como cinemas e ginásios, são necessidades dos funcionários, mas eles devem ser designados a personagens tal qual o maquinário industrial. Com isso, alguns funcionários não irão participar de atividades lucrativas, servindo apenas para atender às necessidades de entretenimento da plataforma. Pode parecer pouco, mas gerenciar quem está designado às tarefas de entretenimento e quem irá realizar as tarefas produtivas torna-se um desafio de microgerenciamento.

Desafio em alto mar

Além de gerenciar o aspecto humano dos funcionários, o maior desafio é, sem dúvidas, manter o fluxo de caixa constante. Para isso, cada estrutura produtiva da plataforma deverá ser operada a fim de gerar produtos que, por sua vez, podem ser vendidos por meio de contratos a diferentes empresas. A questão é saber o quanto a plataforma pode produzir a fim de vender a quantidade certa para as empresas, que coletarão a quantidade combinada diariamente. 

A relação entre investimentos, funcionários, espaço e produção compõe a espinha dorsal de Drill Deal – Oil Tycoon. Manter o desenvolvimento da plataforma envolve expandir as atividades, desbloqueando aparelhos, obtendo novos contratos e contratando cada vez mais funcionários até completar os objetivos do mapa. Aliás, os objetivos de cada mapa dão um norte para o jogo – apesar que eu, pessoalmente, prefiro o modo sandbox, mas tal modo não funciona tão bem por aqui.

Como se não bastasse, ainda existem desafios externos relativos a ataques de piratas e eventos aleatórios. Nesses casos, um fluxo planejado de caixa pode ser destruído facilmente. 

A vida em alto mar

É evidente que, apesar da simplicidade gráfica, Drill Deal – Oil Tycoon oferece um desafio mais complexo do que aparenta, mas há falhas. Para listar um problema, o jogo te obriga a dar entretenimento para seus funcionários – assunto já abordado nesse texto. Entretanto, para desbloquear a primeira estrutura de entretenimento – nesse caso, o cinema – você deve ir até o menu de tecnologias e gastar dinheiro para liberá-lo. Ora, os outros atributos já possuem edifícios liberados de forma padrão a fim de suprir tais necessidades, por que essa, em específico, tem que ser desbloqueada? Além disso, o jogo disponibiliza dois turnos, mas os personagens só podem ser designados para cumprir um. Na prática, ninguém trabalha dois turnos, mas, na realidade do jogo, você pode tirar um personagem que acabou de sair da sua tarefa diurna e colocá-lo na noturna – e, na verdade, em vários momentos você terá que fazer isso se quiser cumprir os contratos. Então por que não facilitar esse processo?

Se você gosta do gênero tycoon, Drill Deal – Oil Tycoon irá te divertir até o final do jogo – o que pode demorar várias e várias horas. Contudo, se você gosta de uma experiência mais livre, sem objetivos definidos, essa não será a melhor experiência no gênero.

Review – Another Crab’s Treasure

Renato Moura Jr.Renato Moura Jr.24/04/2024
Stellar Blade

Review – Stellar Blade

Diego CorumbaDiego Corumba24/04/2024