Skip to main content

O estúdio SONKA, responsável pelos excelentes Dex e 112 Operator, além das remasterizações de Duke Nukem 3D: 20th Anniversary World Tour e The Way Remastered, surpreendeu com o recente lançamento de Car Mechanic Pinball, uma bizarra proposta de utilizar uma versão “pinballizada” de um jogo para consertar carros.

Apostando no estilo arcade e abusando da loucura, os desenvolvedores brincam com uma ideia que talvez não combine muito bem com a jogabilidade, mesmo oferecendo doses de desafio, mas encerrando com diversas frustrações.

Rodas sobre fliperamas?

Esqueça o estilo refinado do Zen Pinball e o primor ao simular uma mesa de pinball, pois os desenvolvedores da Live Motion criaram uma cidadezinha, utilizando o estilo pixelado de Minecraft, para trazer uma oficina mecânica como base da mesa e, ao invés de bolinhas metalizadas, rebatemos carros com flippers (aquelas barrinhas brancas triangulares).

A cada upgrade uma tentativa de criar uma narrativa

Precisaremos selecionar carros velhos, que entrarão nesta cidade/mesa e serão rebatidos, evitando que passem pelas barras ou caiam pelas laterais, para que sejam consertados conforme o contador avança (de 0 a 100%) que fica no centro da oficina mecânica.

A cada três carros consertados e guardados na garagem, acionada ao apertarmos o botão Y do Nintendo Switch, o dia se encerra para contabilizar o lucro da oficina e qual o próximo upgrade poderá ser adquirido. Todos os desbloqueáveis serão acrescentados na mesa como novos desafios, para que você possa explorar ao utilizar os flippers e rebatendo os carros o mais longe possível.

Importante ressaltar que essas melhorias permitirão acesso às áreas ou efeitos diferentes como, por exemplo, a habilidade de usar os botões L e R para drifting ou áreas de abastecimento de gasolina e shopping, tudo sempre com foco em arrecadar o máximo de dinheiro e pontos.

Os principais elementos de uma mesa de pinball estão todos em Car Mechanic Pinball

Este looping acaba sendo bem repetitivo, pois a mesa de pinball será sempre a mesma e os novos locais são restritos, ficando sempre um aumento na quantidade de barras que precisarão ser preenchidas, de 0 a 100%, antes do carro ser guardado.

Uma bela derrapada

Sou grande fã e entusiasta de pinball, por este motivo Car Mechanic Pinball chamou minha atenção quando vi o trailer pela primeira vez. No entanto, a escolha de utilizar os flippers para jogar os carros contra os mecânicos que andam pela oficina, árvores, demais carros, polícia e árvores, sem contar o absurdo de usar pedestres e animais como alvos, tudo por ponto e dinheiro, não faz sentido para justificar o conserto que o carro recebe. 

Isso sem contar que a limitação de termos apenas as barras, depois adicionado o drifiting, nós precisamos lutar contra a vida própria do carro, acelerando e dirigindo loucamente para qualquer direção. O pior é que fica perceptível que o “motorista” tende sempre em dirigir para as “valas”, que fazem com que o carro seja inutilizado, quase como se as bolinhas caíssem nos buracos da mesa.

Prepare-se para desbloquear 11 justificativas de repetir mais do mesmo

Para ajudar na experiência negativa, dos carrinhos correndo sempre na direção que não devem para justificar a movimentação pela mesa, já que não temos bolinhas e nem as inclinações específicas e direcionadas para os alvos, faltam ajustes em atualizações futuras para evitar que o carro simplesmente quebre e pare de funcionar ao se aproximar das valas laterais, neste caso ilustradas como grandes avenidas.

Cheiro de pneu queimado

Mesmo com diversos elementos customizáveis, desde o uniforme do seu avatar e os mecânicos, e oferecendo diversos visuais para os seus flippers, Car Mechanic Pinball não oferece muito conteúdo ou até mesmo extras para serem desbloqueados.

Sem conseguir fugir do estilo arcade de jogos dos anos 90, também peca pelo fator replay resumir-se apenas na busca por pontuações maiores. Não que seja um erro, mas toda mesa de pinball, inclusive as máquinas físicas, oferecem áreas desbloqueáveis, novos alvos, desafios maiores, sempre com modificações na mesa para ser o mais atrativa possível.

A cada “melhoria” ou “conserto”, mais dinheiro você poderá conquistar

Por mais que seja um jogo agradável e divertido nas primeiras horas, o trabalho da SONKA é raso e simplório demais, sem oferecer muito em troca para os jogadores que aceitarem serem desafiados. Basta arremessar o carro em qualquer direção que sempre receberemos algum ponto ou dinheiro em troca, isso quando os problemas de movimentação dos carros não atrapalharem. Estes sim precisam urgentemente de consertos, mas sem o uso de flippers e sim com atualizações futuras.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024