Skip to main content

No fundo do oceano, abaixo da água cristalina, o perigo te cerca e apenas os mais corajosos conseguirão buscar os tesouros que afundaram por lá. Nessa premissa que temos Aqua Lungers, novo título competitivo que chegou ao Nintendo Switch.

Porém, as várias criaturas marinhas não são os seus únicos inimigos. Além delas te atrapalhando para conseguir seu tão sonhado ouro, também estarão outros jogadores que podem fazer isso de uma forma ainda mais rápida do que você. Vai encarar ou deixará seu objetivo se afogar?

Os perigos no fundo do oceano

Aqua Lungers te colocará no papel de um mergulhador simples, com um arpão nas mãos, que precisará mergulhar nos lugares mais perigosos atrás de seu precioso tesouro. Mas essa não é uma tarefa tão fácil e vários pontos podem ficar entre você e a vitória.

Você tem a missão de chegar ao tesouro, pegá-lo e devolver ao ponto de controle. Porém, ele não costuma ficar nada próximo e, ainda por cima, você tem um limite de carga que precisará seguir. Como se isso não fosse o bastante, conforme carrega mais coisas, mais lento seu personagem ficará.

Imagem do review de Aqua Lungers
Além de um ótimo jogo, o design é maneiríssimo.

Confesso que me surpreendi bastante com esse sistema, já que a simplicidade visual e de design me fizeram acreditar que não teria tantos fatores envolvidos no mesmo cenário. Chegar ao ouro se mostrará uma tarefa já complicada, imagina ter de voltar ainda mais lento e saber que ainda faltam mais etapas?

Isso te obrigará a pensar estrategicamente. Nem sempre atacar com o arpão é a melhor opção ou seguir pelo mesmo caminho que veio. Muitos dos monstros também podem te seguir para cima da terra e, se não estiver preparado, poderá ser morto antes mesmo de chegar ao mar.

Imagem do review de Aqua Lungers
É aquele ditado, se correr o bicho pega…

Falando das criaturas marinhas, elas merecem bastante destaque em Aqua Lungers e precisa entendê-las antes de se consagrar um vencedor. Desde piranhas, lulas, tartarugas marinhas e várias outras criaturas, elas farão de tudo para impedir sua tarefa. Em toda fase haverá um monstro mais forte e outros pequenos.

Nocauteando o mais poderoso, você conseguirá mais moedas ou baús para se aproximar do número limite de cada etapa. Porém, aos desavisados, alguns levantam em questão de instantes e enquanto desfruta dos loots eles te matam e você nem piscou. Durante as fases você tem apenas 3 vidas, depois disso o jogo retira 200 pontos seus a cada morte. Acabaram os pontos, game over.

Imagem do review de Aqua Lungers
Ir e voltar do ponto de controle é uma tarefa perigosa.

Algumas fases especiais mostram essas criaturas em frenesi, que são mais difíceis ainda de derrotar. Para encará-las com igualdade, seria necessário pegar os power-ups espalhados que dão vantagens a você. De lanças, explosivos a escudos, assim sua vida fica ainda mais fácil, certo? Errado, pois o mar é um lugar inóspito. Há também power-ups coringas, que podem ser usados contra você, como um que invoca um exército de piranhas para cima do personagem.

Outro perigo encontrado são os deixados pelas próprias fases. Desde rochas impedindo seu caminho para chegar até o mar ou ao seu ponto de controle até mesmo canhões atirando contra você, realmente a WarpedCore Studio quis mostrar o quanto não é bem-vindo naquele ambiente e estão de parabéns. Me senti bem rejeitado mesmo, mas mais desafiado do que aborrecido.

Imagem do review de Aqua Lungers
São várias as formas de se morrer no jogo.

Aqua Lungers é multiplayer raiz

Já a parte competitiva de Aqua Lungers é onde realmente o bicho pega. Podendo jogar em até quatro pessoas, quem buscar todos os tesouros primeiro ganha. Simples assim. Porém, tudo que eu disse aqui pode e vai ser usado contra você. Nocautear uma criatura pode te facilitar, mas e os seus oponentes que nem a enfrentaram podem ter ganhado ainda mais tempo.

Os power-ups que expliquei também podem atrapalhar os demais, o exemplo das piranhas é claríssimo aqui. Pular do mar e soltá-las enquanto a competição está rolando embaixo d’água é um prato cheio para ver os capacetes de mergulho flutuando sozinhos depois. Apesar delas não matarem os personagens, você perde moedas e tentando pará-las pode ser atacado pelos próprios monstros maiores.

Imagem do review de Aqua Lungers
Sozinho no fundo do mar já é perigoso, com oponentes fica ainda mais.

Sendo bem sincero quanto a minha experiência, tudo flui naturalmente e não presenciei nenhum bug ou problema que tivesse me incomodado in-game. As partidas velozes e a quantidade de fatores dão um excelente desafio até para quem se garante nas competições.

Porém, senti uma falta absurda de um modo online. O multiplayer é apenas local e, nessa época de pandemia, gostaria de ter enfrentado mais pessoas além do meu próprio irmão em casa. Também gostaria de mais modos além do básico, que é o único disponível nesse lançamento. Depois de desbloquear as fases, sem eles, acabará jogando uma vez ou outra quando receber visitas e depois ele ficará encostado na sua biblioteca.

De qualquer modo, Aqua Lungers é um título que merece a sua atenção e, principalmente, se você for competitivo é um prato cheio. Explorar o fundo do mar é um risco, mas as risadas e a tensão causada pelas diferentes ameaças valem tanto quanto os tesouros que buscará jogando.

Imagem do texto de RKGK

Review – RKGK / Rakugaki

Marco AntônioMarco Antônio10/06/2024

Review – Blockbuster Inc.

Paulo AlmeidaPaulo Almeida04/06/2024